GuiaInvest
todos precisam de educação financeira

Por que Todos Precisam Aprender sobre Educação Financeira?

Se o seu objetivo é se tornar um especialista em ações, é preciso assumir as rédeas das finanças através de uma boa educação financeira. Entenda por quê todos precisam aprender mais sobre ela – inclusive a sua família.

Se o seu objetivo é se tornar um especialista em ações, é preciso assumir as rédeas das finanças através de uma boa educação financeira. Entenda por quê todos precisam aprender mais sobre ela – inclusive a sua família.

Eu falo muito aqui no blog sobre as lições de grandes investidores porque tenho certeza que você pode aprender muito com eles.

Porém, também sei que muito do que você lê, seja aqui ou em outro canal, acaba ficando pelo caminho.

Isso é natural. Afinal, a quantidade de informações que recebemos diariamente (não apenas no que diz respeito aos investimentos) é colossal.

Esse bombardeio informativo faz com que a tarefa de nos tornarmos especialistas em um assunto seja bem complicada.

Não existe segredo: se o seu objetivo é se tornar um especialista em investir em ações, em value investing ou em educação financeira, saiba que isso levará anos e exigirá de você um alto grau de dedicação.

Calma, eu não quero desanimá-lo. Pelo contrário. Minha intenção é, primeiramente, parabenizá-lo por ter saído do piloto automático e ter assumido as rédeas de suas finanças. Você está no caminho certo.

O meu grande objetivo, hoje, é promover uma reflexão que eu sugiro que você compartilhe com sua família e demais pessoas com quem você se importa…

Afinal, todos precisam ter acesso à educação financeira, concorda? Então, vamos lá!

1. Todos precisam de educação financeira

todos precisam de educação financeira

Muita gente torce o nariz quando escuta qualquer coisa relacionada a finanças e investimentos.

Eu entendo (e lamento) que a maioria dos brasileiros nunca tenha tido acesso a educação financeira.

Até por isso, reconheço (mas continuo lamentando) que parece ser muito mais fácil se fechar numa bolha do que abrir a cabeça para entender um pouco sobre uma ferramenta que pode mudar sua vida para sempre.

Porém, ao contrário do que muitos pensam, a verdade é que ninguém precisa ser um gênio para investir bem o seu dinheiro.

Vamos traçar um paralelo. Por exemplo: se você é um consumidor consciente, é natural que pesquise preços, compare marcas, estude o produto ou serviço que pretende comprar para que possa tomar uma decisão racional e inteligente, certo?

Ao final deste processo investigativo que antecede uma compra importante, você terá aprendido muito sobre o bem que adquiriu.

A lógica para investir é a mesma.

incorporar a educação financeira em sua vida e na de seus familiares

Entender conceitos básicos de educação financeira e de algumas modalidades de investimento não é difícil e é extremamente recompensador no longo prazo.

Ao incorporar a educação financeira em sua vida e na de seus familiares, você caminha para se tornar uma pessoa mais consciente e com grande potencial de realizar todos os seus sonhos.

Dentre os benefícios que a educação financeira promove, posso citar que você vai:

  • Deixar de ser um refém do dinheiro que acaba no fim do mês;
  • Desenvolver uma postura mais crítica com relação ao consumo;
  • Ter uma vida mais equilibrada e com menos preocupações;
  • Dar grandes passos para o atingimento de suas metas e sonhos;
  • E por fim, mas não menos importante, enriquecer de forma consistente e honesta.

Essa lista poderia ser bem maior, mas acredito que seja suficiente para despertar a atenção daqueles que ainda não assumiram as rédeas de suas vidas financeiras. Estou certo?

2. Você será facilmente enganado se não falar a linguagem do dinheiro

Você será facilmente enganado se não falar a linguagem do dinheiro

Você já deve ter participado de uma roda de conversa sobre um assunto que não entendia nada e ficou “boiando” e sorrindo com aquela cara de paisagem. Quem nunca?

Não tem coisa mais chata e desagradável do que isso, não é mesmo?

Agora, se for uma conversa despretensiosa sobre um assunto sem importância, tudo bem. Mas, se estamos falando do seu dinheiro, os perigos aumentam.

Você já deve ter recebido uma abordagem do atendente do seu banco oferecendo uma “vantajosa” linha de crédito; um telefonema do gerente de sua conta corrente apresentando um investimento “exclusivo” para bons clientes como você; ou incentivos por parte de sua corretora para você executar muitas ordens de compra ou venda de ações.

Isso é normal, faz parte do jogo. Mas quando você não conhece os reais interesses por trás dessas oportunidades, está correndo grandes riscos.

Se você não sabe nada sobre investimentos, o risco de cair em uma cilada é enorme. Afinal, como é que você irá questionar algo, ou ao menos debater, se não tem ideia do que seu interlocutor está dizendo?

Não me entenda mal! Não estou dizendo que todos que trabalham no mercado financeiro são picaretas; há muita gente boa por aí.

Mas a reflexão que quero que você faça hoje e – principalmente – estenda às pessoas importantes de sua vida – é que se você não souber o mínimo, jamais poderá separar os maus profissionais dos bons e dificilmente sairá da corrida de ratos, muito bem explicada aqui.

Quem detém a informação detém o poder, lembre-se!

quem tem informação, detem o poder

Considero a educação financeira tão importante como a educação alimentar – que, aliás, é outra área da vida que muitas vezes fica em segundo plano por exigir um esforço maior do que o habitual, mas que cedo ou tarde, cobra seu preço.

A verdade é que não existe almoço grátis. A rota para o sucesso, saúde e felicidade exige que tenhamos uma postura proativa, curiosa, dedicada e focada.

Como falei no início, você está no caminho certo. Certamente já é alguém que não é refém do dinheiro e está focado em desenvolver uma mente milionária.

Continue sua caminhada, aprendendo e disseminando a educação financeira entre as pessoas importantes em sua vida.

Para começar, sugiro que inicie uma conversa no jantar de hoje sobre a reflexão que leu aqui e, também, sobre o conteúdo dos artigos abaixo:

Ninguém, além de você, é responsável pelo seu futuro. Qual é o tamanho dos seus sonhos? Você está à altura deles?

Bons investimentos!

Aprenda como ganhar de R$1mil a R$5mil por mês com dividendos, mesmo que tenha somente R$100 para começar.

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]