GuiaInvest
7-filmes-mercado-financeiro

7 filmes sobre o mercado financeiro

Quem disse que não é possível aprender alguma coisa enquanto se diverte?

É exatamente isso que estamos te propondo agora!

Preparamos uma lista de filmes sobre o mercado financeiro, que te ajudarão a analisar como é possível se tornar um magnata das finanças.

Depois de assistir, dá uma olhada nesse artigo aqui e compare como os investidores de sucesso tem uma mente milionária.

No entanto, vale reforçar que, como todo bom filme, há algumas partes que são um tanto… fantasiosas.

Porém, é possível reconhecer e entender como agem as corretoras e os grandes empresários.

Prepare a sua pipoca e o seu bloco de notas, para não perder nada das dicas que podem aparecer.

Vamos lá?

 

1 – O Lobo de Wall Street – 2013

Para começar, vamos de um magnífico filme de Martin Scorcese.

Em “O Lobo de Wall Street”, nós conhecemos Jordan Belfort, um ambicioso jovem que intencionava fazer carreira como corretor na Bolsa de Valores.

No entanto, logo em sua estreia, o mercado sofre com a Black Monday, o que fez com que as bolsas de todo o mundo caíssem repentinamente.

Sem emprego, Belfort recomeça a carreira vendendo títulos de baixo valor. Porém, esses títulos não são os mais rentáveis para os investidores.

No entanto, são um paraíso para os corretores.

Jordan monta toda a sua empresa baseado na compra e venda desses títulos, enriquecendo rapidamente.

O filme mostra, de maneira interessante, como é feito a corretagem de papeis fora da Bolsa de Valores, os chamados pequenos investimentos.

 

2 – A Grande Aposta – 2016

Nossa segunda indicação faz menção à bolha imobiliária que deixou os Estados Unidos em crise (e, consequentemente, o mercado mundial). Afinal, sentimos os efeitos dela até aqui no Brasil.

A grande aposta, que dá nome ao filme, é a de Michael Burry, que decide “apostar” contra o mercado imobiliário dos Estados Unidos, acreditando em sua quebra.

Essa dinâmica diferenciada, faz com que ele seja desacreditado, pois nunca alguém havia apostado contra o sistema. Pelo menos, não com sucesso no final.

No entanto, a sacada do filme é justamente essa ousadia dos investidores. Afinal, eles foram pela contramão do processo básico, que é investir no que dá lucro.

Porém, é inegável que, com a iminente queda dos negócios imobiliários, a liquidez aumenta e os valores tornam-se extremamente acessíveis.

 

3 – A Procura da Felicidade – 2006

Esse é um dos mais famosos. Afinal, quase todo mundo já se emocionou com a história de Chris Gardner.

Ao se ver sozinho com o filho pequeno, Chris decide mudar os rumos de sua trajetória, mesmo tendo todas as dificuldades possíveis.

Vendedor nato, ele consegue uma vaga de estagiário em uma corretora de ações.

No entanto, esse não é um trabalho remunerado e, para conseguir aprender mais sobre essa profissão, Chris trabalha dobrado no pouco tempo que tem disponível.

Dois pontos são interessantes em “A Procura da Felicidade”. O primeiro, é a idade em que Chris inicia os seus trabalhos na Bolsa. Isso, para ele, é uma desvantagem.

Enquanto os outros estagiários possuem tempo e disponibilidade para se dedicar, ele precisa adequar a vida real, com todas as dificuldades e preocupações, com a possibilidade de alcançar uma vaga efetiva na corretora.

O segundo ponto, são as conexões. Enquanto Chris não consegue se conectar com possíveis investidores, ele não deslancha dentro da corretora.

No entanto, a proposta do filme é a de superação e, acima de tudo, dizer que é possível conquistar seus sonhos.

 

4 – Grande Demais para Quebrar – 2011

Esse é um filme que vai além do corre-corre das Bolsas de Valores.

Em “Grande Demais para Quebrar”, nós conhecemos os bastidores do mundo dos bancos, principais agentes financeiros de um país.

O banqueiro Richard Fuld, em parceria com outros intelectuais, tenta salvar o Lehman Brothers, um famoso banco de investimentos dos Estados Unidos.

Inclusive, a sua queda é, até hoje, um dos marcos de crise do mundo financeiro.

Porém, o interessante nessa indicação, são as conversas de bastidores.

A reunião dos banqueiros com o Congresso americano, que mostra que mesmo os poderosos não são “inquebráveis”.

 

5 – Wall Street: o Dinheiro Nunca Dorme – 2010

O que torna esse filme tão interessante, é justamente o caminho contrário ao qual estamos habituados.

Por exemplo, quando assistimos a “O Lobo de Wall Street”, acompanhamos a ascensão e queda de Jordan Belfort.

No final, ele responde pelos crimes de fraude que cometeu e se torna um “guru” dos investimentos.

Já em “Wall Street: o Dinheiro Nunca Dorme”, nós iniciamos a partir desse exato ponto: Gordon Gekko está saindo da prisão, onde cumpriu pena por fraude financeira.

É claro que ele é impedido de operar no mercado financeiro, mas isso não o impede de usar o seu conhecimento e sua experiência para trabalhar de modo “paralelo”. Afinal, ele é um dos corretores mais famosos que já existiu.

Em uma de suas palestras, ele é abordado por um jovem corretor que precisa saber como se aproximar de um investidor arriscado.

Consequentemente, acompanhamos as “aulas” que Gekko dá ao jovem corretor.

 

6 – Fome de Poder – 2016

Não poderíamos deixar de fora o filme que trata sobre a criação – e ascensão – de uma das maiores gigantes do mundo: o Mc Donald’s. Afinal, esse é um verdadeiro caso de sucesso.

Inclusive, esse é o nosso representante dos filmes biográficos que mostram a genialidade dos grandes fundadores.

Em “Fome de Poder” é retratada a diferença básica entre o produtor e o empreendedor.

Ray Kroc, um vendedor, adquire participação no restaurante dos irmãos McDonald.

Com um excelente tino comercial e um faro aguçado para finanças, ele transforma a lanchonete em uma das maiores redes de fast food do mundo.

Paralelo à isso, também vemos como o mundo dos negócios pode ser agressivo. Afinal, Kroc elimina os fundadores do restaurante e assume, sozinho, a fama do McDonald’s.

 

7 – Quants: Os Alquimistas de Wall Street – 2010

Apesar de ser um documentário específico sobre Wall Street, essa é mais uma indicação que não está focada nos corretores.

Em “Quants”, as estrelas principais são aquelas que estão, literalmente, nos bastidores.

O documentário mostra como atuam os quantative analysts, que são responsáveis por identificar riscos em setores do mercado financeiro, além de definir valores.

Isso tudo a partir de análises matemáticas e estatísticas.

No entanto, apesar de muitas corretoras utilizarem os quants, o documentário levanta a hipótese se a sua atuação não é questionável.

Afinal, o mercado financeiro é composto por muito mais do que apenas números.

Ele se alimenta de perfis investidores, personalidades e, até mesmo, alterações de humor.

Porém, “Quants” é uma excelente proposta para compreender como gira o mercado de ações. Principalmente, aqueles trabalhos que ficam escondidos nas saletas.

 

 

Filmes sobre o mercado financeiro

O que achou das nossas dicas? Já conhecia algum desses filmes? São excelentes opções para você aprender e se inspirar.

Ficou com vontade de investir e garantir o mesmo padrão de vida desses corretores? Afinal, quem não quer enriquecer, não é?

Pois então não perca tempo!

Você está no melhor momento para investir. A bolsa está no começo de um super-ciclo de valorização e que pode multiplicar seu capital em mais de 15x: Veja em nossa palestra os 7 sinais de que a bolsa vai explodir.

Equipe GuiaInvest

Nossa missão é ajudar as pessoas a poupar, administrar e investir seu dinheiro de maneira inteligente para que conquistem a liberdade financeira.

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora
E-book: O Plano Definitivo para Conquistar sua Liberdade Financeira
[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]