GuiaInvest

Mercado de Ações no dia a dia

Você não sabe, mas as ações são muito mais importantes na sua vida do que você imagina. Já parou para pensar no mercado de ações no dia a dia?  

Ou eu estou enlouquecendo ou o mercado de ações é muito mais importante do que eu imaginava. Estou quase dormindo, porém não consigo parar de pensar em tudo que me ocorreu nas minhas últimas 24 horas ao qual eu ficava analisando todas as empresas que estavam à minha volta. Veja se eu estou louco.

Meu dia normalmente começa às 6:00 da manhã, quando eu acordo com o despertador do meu IPhone (AAPL34 BDR), ligo a luz do meu quarto que pago para a Eletropaulo (ELPL3) e vou tomar banho com a água que a Sabesp (SBSP3) fornece.

Visto meu terno azul escuro comprado na Restoque (LLIS3), sento na mesa da sala vendida pelas Lojas Americanas (LAME4) e começo a tomar o café da manhã.

Olho na mesa e só vejo comidas fornecidas pelas grandes companhias. Minha refeição inclui presunto Sadia (BRFS3), margarina Doriana (JBSS3) e pão quentinho comprado no Carrefour (CRFB3). Não dá para esquecer do café, negociando tanto na bolsa de valores brasileira (ICF) como na bolsa americana (KC)

Na hora eu penso: que loucura! Tudo que eu utilizo no meu dia a dia é vendido por uma empresa que é negociada na Bolsa de Valores (B3SA3).

Depois de terminar o café da manhã, desço pelo elevador do meu prédio construído pela Ezetec (EZTC3), chego na garagem e entro no meu carro produzido pela Wolkswagen AG (VLKAY BDR).

Antes de começar a dirigir, pegou meu celular com o 4G da Vivo (VIVT4), abro o aplicativo da minha conta no banco de investimentos BTG Pactual (BPAC11) e vejo que o índice Bovespa (IBOV) está subindo 2%.

Ufa! Pelo menos a minha carteira de ações baseada em dividendos e renda irá subir e vou ganhar dinheiro com toda essa loucura que parece existir em minha vida.

Dou a ignição na chave do carro, coloco o cinto e sigo em direção a rodovia Imigrantes, administrada pela Ecorodovias (ECOR3). No meio do caminho, vejo que o tanque de gasolina do carro está vazio e paro para abastecer em um posto Ipiranga (UGPA3). No AM/PM eu tomo um suco para me hidratar, visto que vou ter que viajar para visitar um cliente importante em outro estado.

Chegando no aeroporto de Congonhas, compro uma passagem para o Rio de Janeiro com as milhas do meu programa Multiplus (MPLU3) o qual acumulei usando o meu cartão Mastercard (MSCD34 BDR). Lá fora está me esperando para embarque um avião produzido pela Embraer (EMBR3), da companhia aérea Azul (AZUL4).

Enquanto espero na sala de embarque, minha esposa me liga do seu celular comprado na Tim (TIMP3) dizendo que está no Iguatemi (IGTA3) e pretende fazer “algumas comprinhas”.  

Nesta hora eu começo a suar frio!

Quando eu digo “comprinhas” me refiro a passar o dia inteiro comprando blusas nas lojas Renner (LREN3), sandálias da Arezzo (ARZZ3), vestidos da Le Lis Blanc (LLIS3), perfumes na Natura (NATU3) e sapatos das lojas Marisa (AMAR3). Espero que ela lembre de comprar também aquela camiseta nova da Hering (HGTX3) que eu pedi e um par de Havaianas da Alpargatas (ALPA4).

O meu grande medo vai ser quando eu receber a fatura de todas as compras que ela passou nas máquinas da Cielo (CIEL3) estourando o limite da nossa conta conjunta no banco Itaú (ITUB4).

Com dor de cabeça, tento esquecer esse stress passando em uma farmácia da Droga Raia (RADL3) para comprar um paracetamol e embarco no avião em direção ao meu destino. Durante o voo, ligo o meu computador da Positivo (POSI3) e vou trabalhando no sistema da Microsoft (MSFT BDR).

Neste dia o voo não foi muito bom. Com muita turbulência, eu fiquei preocupado, mesmo sabendo que as estatísticas de queda de um avião sejam quase nulas devido a turbulência. Porém, o que me acalma também é o fato de que possuo um seguro de vida da Sul América (SULA11) e o valor coberto é o suficiente para cobrir a faculdade Estácio (ESTC3) que meu filho irá cursar quando ele for grande.

Ao descer as escadas do avião, pego um ônibus que foi produzido pela Marcopolo (POMO4) que me leva até o saguão do aeroporto. Lá, um funcionário da Petrobrás (PETR4) está me esperando para me levar a uma das sedes da empresa, em Macaé, prédio administrado pelo XP Corporate Macaé FII (XPMC11).

Passo o dia inteiro em reuniões com os principais executivos e descubro que a empresa é muito maior do que eu poderia imaginar. Ela é um cliente importante não só para o meu negócio como para milhares de outros no Brasil a fora. Fornece e adquire produtos de quase todo mundo!

Eles vendem gasolina também para os navios da Log-in (LOGN3) e os aviões da Gol (GOLL4). A distribuição é feita tanto da BR distribuidora (BRDT3), como Ultrapar (UGPA3) e Raizen – Cosan (CSAN3). Utilizam materiais que vão desde os papéis para preencher os documentos dos nossos contratos, fornecidos pela Suzano (SUZB5), até sofisticados softwares desenvolvidos pela TOTVS (TOTS3).

Depois de um longo dia de conversas e reuniões, outro funcionário pega um carro alugado na Localiza (RENT3) pela empresa e me leva de volta ao aeroporto.

Depois de mais uma hora de voo, pego o meu carro no estacionamento e sigo em direção ao meu apartamento. Nesta hora minha cabeça não conseguia mais pensar sobre essa loucura de empresas listadas na bolsa, apesar de ter passado por diversos prédios de diversas construtoras, os quais alguns são fundos imobiliários ou sedes de dezenas de outras empresas que qualquer um pode investir.

Mesmo depois de um dia cansativo, pretendo manter o ritmo intenso antes de ir para casa e decido passar na academia SmartFit (SMTF3). Troco a minha roupa, colocou meu tênis Olympikus (VULC3), bebo um Gatorade da Ambev (ABEV3) e treino durante 1 hora.

Exausto, chego em casa e tomo um banho. Vou jantar com a minha esposa assistindo Netflix (NFLX34 BDR) na minha TV comprada na Magazine Luiza (MGLU3). Por fim, vou para meu quarto e tento ler um livro que comprei na Saraiva (SLED4) intitulado Mentes Milionárias, mas admito que a minha cabeça não consegue focar no assunto.

Enquanto tento pegar sono, perco-me em reflexões. Começo a filosofar que talvez esteja ficando louco mesmo e que a bolsa de valores é mais importante na minha vida do que eu imaginava. Por fim, penso: Ainda bem que invisto meu dinheiro em ações e estou aprendendo como acumular riqueza, assim eu ganho dividendos com toda essa minha loucura.

Guilherme Zanin

Especialista em Finanças e Investimentos no GI. Formado em Economista pela PUCRS e MBA em Mercado de Capitais pela Apimec Sul. Atuou como assessor de investimentos, gestor de recursos e, especialista em produtos de investimentos. Além das certificações como gestor CGA da Anbima, CPA20, ANCOR, PQO. No tempo livre curte velejar de kitesurf e jogar futebol.

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora
E-book: O Plano Definitivo para Conquistar sua Liberdade Financeira