GuiaInvest

Liberação do FGTS pode afetar dividendos

A proposta do ministro da economia Paulo Guedes que fala sobre a liberação de saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pode afetar o lucro de algumas empresas da bolsa.

Afetando o lucro naturalmente afeta os dividendos.

Essa medida pode influenciar empresas tanto negativamente quanto positivamente, dependendo do “lado” em que ela está.

Vamos por partes para entender como isso pode ocorrer.

Empresários da área da construção e do mercado imobiliário ligaram o alerta, já que a preocupação é com a possibilidade de faltar recursos para o andamento de empreendimentos.

Os empreendimentos do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), por exemplo, usam recursos oriundos do FGTS.

Os saques desse fundo são restritos a alguns critérios, e um dos mais usados é para a aquisição da casa própria.

Logo podemos ter a seguinte lógica:

Mais recursos no FGTS = mais recursos para empreendimentos imobiliários.
Menos recursos no FGTS = menos recursos para empreendimentos imobiliários.

Isso faz sentido para você?

Continuando…

De acordo com uma pesquisa da ABRAINC (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias) o programa MCMV foi responsável por 67% das vendas e por 78% dos lançamentos imobiliários, nos últimos 12 meses, no Brasil.

O impacto pode ser significativo e o setor de construção civil pode ter uma retração na geração de empregos e impostos.

Uma das principais referências no ramo do Minha Casa Minha Vida é a MRV.

Confira o histórico de lucros, que cresceu desde 2015:

Inclusive, ela está aprovada em 9 de 11 critérios do nosso checklist de dividendos.

A MRV (MRVE3) possui:

ROE (Retorno sobre o patrimônio líquido) acima de 10% nos últimos 5 anos;
Lucros constantes nos últimos 5 anos;
Crescimento dos dividendos nos últimos 5 anos.

A partir de agora, vamos ficar de olho no impacto das mudanças para o setor.

Quanto ao lado positivo é bom para o cidadão, pois nada mais justo do que a própria pessoa decidir o que quer fazer com o dinheiro dela, não acha?

O que você faria com a liberação do saque do FGTS?

Infelizmente, o nível endividamento da população ainda é muito alto.

Dívidas como cheque especial e cartão de crédito representam maior peso para o orçamento da população. Logo o setor financeiro pode se beneficiar com as pessoas quitando dívidas, ou parte delas.

Uma das principais referências no ramo do setor financeiro é o Itaú.

Confira o histórico de lucros, que cresceu bastante desde 2009:

Ele também está aprovado em 10 de 10 critérios do nosso checklist de dividendos.

Ressaltando que neste caso são 10 critérios e não 11, porque o critério endividamento, não se aplica aos bancos.

O Itaú (ITUB3) possui:

ROE (Retorno sobre o patrimônio líquido) acima de 10% nos últimos 5 anos;
Lucros constantes nos últimos 5 anos;
Crescimento dos dividendos nos últimos 5 anos.

Outra observação é que apenas com o Dividend Yeld atual o investidor ou investidora do Itaú está ganhando acima da renda fixa.

A partir de agora você deve ficar atento aos impactos das mudanças que tendem a afetar diretamente este setor e ficar de olho em como isso pode beneficiar o rendimento dos seus investimentos.

Abs

Adriano Severo

[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]