GuiaInvest

Por que as pessoas querem largar tudo e ir viver no exterior?

Não é de hoje que vemos um certo fetichismo sobre essa ideia de largar tudo e ir viver no exterior.

Não me recordo da quantidade de matérias que já li sobre o fulaninho que largou tudo para viver um sonho, ou da ciclaninha que saiu do emprego e foi para outro país.

Mas será que essa é mesmo a melhor solução?

De fato, o número de jovens que estão abandonando o Brasil para tentar a vida fora só aumenta, e os números não me deixam mentir.

Segundo a Receita Federal, em 2011, o número de declarações de saída definitiva entregues ao Governo foi de 8,1 mil, enquanto no ano passado mais do que dobrou: 21,7 mil brasileiros deixariam o país até o mês de dezembro de 2017.

E os números continuam aumentando..

Em entrevista ao G1, o sócio da JBJ Partners, empresa especializada em empreendedorismo e expatriação para os Estados Unidos, Jorge Botrel, afirma uma certa preocupação sobre este assunto.

“Estamos falando de pessoas qualificadas. O perfil do imigrante não é mais aquele que vem com uma mão na frente e outra atrás. São jovens que estão abandonando suas carreiras para abrir um negócio, pessoas com uma boa formação. É um movimento triste, porque o Brasil está perdendo recursos”, conta o empreendedor.

Nota-se que a porcentagem de maior aumento deu-se entre os anos de 2015 e 2016 – onde seria o auge da crise econômica do Brasil.

Por este motivo, ficam claras as razões pelas quais a maioria dos jovens quer sair do país: liberdade; falta de oportunidade; má remuneração; insegurança

Aliás, talvez isso até já tenha passado pela sua cabeça.

No entanto, nem tudo no exterior serão flores.

A parte complicada de largar tudo e ir viver no exterior

O que ninguém conta pra você é que há muitos perrengues, mesmo morando em outro país.

Há angústias que irão acompanhar você em qualquer lugar que você esteja. Além de problemas novos que irão surgir com essa nova aventura.

Matheus de Souza, nômade digital considerado pelo LinkedIn como o terceiro brasileiro mais influente da rede no ano de 2016, escreveu um artigo onde desmente toda essa vida perfeita dos que largam tudo para viver no exterior.

“Embora os personagens [jovem que largou tudo para viver no exterior] existam no mundo real — ainda que em escala reduzida — na minha opinião, divulgar isso é um baita desserviço” diz ele.

“Esses textos e entrevistas, geralmente, só mostram a suposta vida perfeita do nômade digital (como são chamados). É nesse momento que o trabalhador comum fecha a aba do computador e pensa: ‘isso é impossível, essas pessoas são ricas! Aí é fácil!’”

E esta é a resposta padrão do senso comum para aqueles que têm vontade de viver uma experiência mas têm medo de tomar uma atitude.

Tais frases são utilizadas como autodefesa de suas próprias frustrações.

O que a maioria não sabe, é que mesmo quem largou tudo para ir viver no exterior, ao contrário do que a maioria das matérias noticiam, fez muito planejamento financeiro para isto.

A esmagadora maioria não ganhou simplesmente uma herança ou teve tudo bancado pelos pais.

Há muita dedicação e comprometimento por trás da vida de quem criou o próprio poder de escolha.

Claro que largar tudo e ir para o exterior não é um mar de rosas.

Mas é claro que ficar no Brasil sem tomar uma atitude para realizar os seus sonhos também não vai fazer nada por você.

Você vai ter que pesar os prós e contras de cada um dos pontos.

Mas o mais interessante, é que tudo isso se define em uma coisa: poder de escolha.

Sim, de escolha.

Poder escolher onde vai morar, para onde vai viajar, no que vai trabalhar.

Escolher morar perto da família, mas poder viajar cinco vezes por ano. Ou morar no exterior e viajar cinco vezes por ano para ver a família.

Essa vida é possível, independente do lugar do mundo que você esteja. Seja no Brasil, seja na Suíça ou nos Estados Unidos.

Está ficando cada vez mais comum ver, inclusive, manchetes que noticiam jovens que se aposentam para viajar o mundo no auge da idade.

Conquistando a liberdade e todo o poder de escolha que você, eu e qualquer um poderia querer.

Podendo optar por trabalhar no que gosta por opção, por se mudar, por viver sonhos…

E claro que isso não é simples como assistir televisão em um domingo chuvoso.

Mas é extremamente viável.

Você já deve ter se deparado com matérias como essa…

Acredito fortemente que este seja um ponto muito positivo sobre o número de jovens debandando do país ser tão alto: indícios de planejamento financeiro forte, viável e acessível para pessoas comuns.

Por que afinal de contas, o que esses jovens têm que você não possui?

Um emprego?

Um planejamento?

Um conselho valioso?

Alguém que lhe ensine o passo a passo de como fazer?

A primeira manchete, por exemplo, divulga a história de uma jovem que mudou completamente de vida e conquistou total poder de escolha aos 28 anos de idade.

Tudo isso apesar de ter vindo de uma família pobre, de oito pessoas vivendo em um apartamento de 1 dormitório, como a própria protagonista comenta em seu site pessoal.

A segunda, conta a história de um casal e de um jovem rapaz que tiveram o mesmo destino.

Perceba que está ficando mais comum do que você imagina

A terceira manchete divulga a bonita história de outro casal que decidiu tomar as rédeas de sua vida depois de uma demissão inesperada.

Muitas vezes, é na crise que você cria sua própria oportunidade. Muitas vezes, a solução do seu problema é mais simples do que sair do país

Neste caso, acredite em mim: a oportunidade está logo ali, na mesa em frente à sua cadeira. É só esticar um pouco o braço… e conquistar.

Se você ficou curioso, deseja saber mais sobre como esses jovens conquistaram tamanha liberdade e ainda tirar suas próprias conclusões sobre o assunto…

Continue a sua leitura clicando aqui 🙂

P.S.:  Viver agora ou juntar dinheiro pra depois? A gente acredita que dá pra ter os dois. Conheça a aula gratuita Os 3 passos para Conquistar a Liberdade Financeira, a nova forma de transformar o seu futuro.

Laura Terra

Analista de Conteúdo Estratégico no GI. Formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pelotas. Estudou inglês na Strathfield College, em Sydney, na Austrália. Investidora desde o início de 2017. Apaixonada por ajudar as pessoas, viajar e curtir seus gatos.

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora
E-book: O Plano Definitivo para Conquistar sua Liberdade Financeira
[CONTEÚDO NOVO]
[CONTEÚDO NOVO]