GuiaInvest

IPO Centauro – Entrar ou não entrar?

Olá amigos investidores,

Um assunto que não sai da pauta dos investidores é o aguardado IPO (Oferta Pública Inicial) da empresa Centauro (CNTO3).

O preço da ação no IPO será entre R$ 12,1 e R$ 14,7.

Resolvi dar minha humilde opinião sobre a empresa.

Apesar do IPO estar ocorrendo somente em 2019, a empresa já atua no mercado desde 1981.

Possui cerca 192 lojas em sua rede de lojas físicas no segmento do varejo esportivo, sediadas principalmente nos mais importantes shoppings do país.

Além da loja física a Centauro possui uma plataforma de e-commerce (marketplace – onde oferece produtos de outras marcas).

Principais pontos 2017 para 2018 a empresa apresentou:

  • Crescimento nas vendas (aproximadamente 11%).
  • Redução do custo financeiro (endividamento) de cerca de 50%, refletindo diretamente no lucro).
  • Crescimento da receita líquida em 2018 (aproximadamente 16%).
  • O Lucro Líquido foi de R$ 148 milhões em 2018, porém foi afetado positivamente por um ganho tributário a um imposto diferido de R$ 64 milhões.

Vale lembrar que em 2017 (se não me falhe a memória em Setembro) ela já havia feito a tentativa de IPO, mas os números da época realmente não agradaram os investidores. Como os resultados melhoraram em 2018, criou-se uma possibilidade de argumentar com mais qualidade sobre o IPO.

Com o IPO entrará líquido para a empresa R$ 685 Milhões, que serão utilizados para:

  • Reduzir endividamento
  • Reforçar capital de giro
  • Abrir e reformar lojas
  • Fortalecer seu modelo de negócio omnichannel

Minhas avaliações pessoais:

  • Entendo que a empresa está em um segmento de grande concorrência, onde existem players muito fortes e de grande expertise.
  • A empresa possui pouca participação atual no mercado, 5,5% (Market share).
  • O e-commerce não possui relevância significativa no resultado (apenas 16% do faturamento). O desafio para ampliar participação na plataforma digital é complicada, vide cases de empresas com problemas neste segmento de e-commerce (Netshoes por exemplo).
  • Baseado nos lucros históricos e projetados e considerando os múltiplos atuais da empresa de 10x o ebitda, entendo que ela não está sendo negociada a preço oportuno, ou seja, não está barata…e eu busco empresas  com boa margem de segurança.
  • Atualmente existem empresas já negociadas em bolsa com uma melhor oportunidade em relação ao seu preço.

Relembrando as regras de  Warren Buffett:

Regra 1 – Nunca perca dinheiro.
Regra 2 – Nunca esqueça a regra número 1.

Se eu entendo que existe uma relação risco x retorno desfavorável, simplesmente não considero a possibilidade de incluir a ação na minha carteira pessoal.

Simples assim!

Para selecionar boas empresas, você precisa utilizar a fórmula correta!

Descubra um jeito simples de selecionar boas ações em poucos minutos.

Eduardo Voglino

[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]