GuiaInvest
investir em dividendos vale a pena guiainvest

Investir em dividendos vale a pena? Entenda aqui!

Neste você artigo vai entender se vale a pena investir em dividendos para aumentar os lucros e alcançar a tão sonhada Liberdade Financeira.

O investimento em dividendos é uma ótima alternativa para pessoas que estão em busca de boas opções de aplicações para o seu dinheiro, que resultem na tão desejada liberdade financeira.

Porém, para ter sucesso máximo nessa tarefa, é fundamental dedicar um tempo para entender o funcionamento do mercado e, a partir disso, tomar as melhores decisões de acordo com os objetivos e metas definidas.

Antes de começar seus investimentos em dividendos é preciso se informar, entre outras questões, sobre as empresas que pagam melhor tanto no presente quanto no futuro.

O fato de a empresa não realizar o pagamento de dividendos no período corrente não necessariamente é algo ruim, visto que essa decisão pode ter sido tomada em comum acordo entre os membros em assembleia com projeção de resultados pósteros.

Para ajudá-lo a entender melhor o que são dividendos e como eles podem ser usados para aumentar os lucros e, até mesmo, garantir uma renda mensal, falaremos sobre o tema e esclareceremos algumas dúvidas sobre os tipos, vantagens, desvantagens e sobre como investir.

Portanto, continue a leitura e se mantenha atualizado sobre esse importante assunto.

O que são dividendos e como funcionam?

De maneira simplificada, podemos dizer que um dividendo corresponde a uma parcela paga aos acionistas dos lucros obtidos pela empresa em determinado período.

Explicando melhor, quando você compra uma ação de um empreendimento, na prática você está se tornando sócio dele — ou seja, você adquire uma parte da companhia.

Essa organização, por sua vez, pega o dinheiro que veio dos novos acionistas e investe em seu crescimento e fortalecimento no mercado, na expectativa de que seja gerado lucro.

Quando esse retorno desejado vem, a empresa destina parte desse valor para o pagamento do acionista, o que nada mais é do que os dividendos.

Não existe um tempo mínimo estabelecido para esse retorno ser feito, nem uma porcentagem obrigatória que a empresa deve seguir — por mais que exista o mito de que esse percentual seja de 25% —, sendo todas essas condições discutidas e acordadas em assembleias.

Nem sempre o fato da empresa não distribuir dividendos é algo necessariamente ruim, visto que existem casos em que esse valor pode ser usado para potencializar ainda mais os lucros.

Por exemplo, uma empresa pode, em vez de distribuir 30% do resultado dos dividendos, optar por reinvestir esse montante, a fim de aumentar os ganhos.

Desde que o investimento seja favorável, essa ação é boa, visto que, futuramente, os valores recebidos tendem a ser ainda maiores.

Quais os tipos de dividendos?

Os lucros alcançados pela empresa podem ser distribuídos de diferentes formas, entre as quais estão os dividendos. Porém, mesmo dentro dessa modalidade, existem opções diferentes que podem ser usadas na hora de realizar o pagamento ao acionista.

Dividendo em dinheiro

É o pagamento feito em espécie para os acionistas, sendo esse o principal modo em que se pensa quando se fala em dividendos. Esse recebimento é distribuído conforme o valor das ações (por exemplo, R$ 5,00 por ação) ou como uma porcentagem baseada no valor atual no mercado.

No geral, são pagos de acordo com o segundo caso, sendo que, muitas vezes, é possível reinvestir o valor para adquirir mais ações.

Dividendo em ações

Nesse caso, a remuneração acontece em forma de ações adicionais em vez de ser em dinheiro. A quantidade varia conforme o número de títulos que a pessoa tiver no momento do pagamento.

Por exemplo, se uma empresa opta por esse tipo de emissão, equivalentes a 5 ações para cada 100 ativos, quem tiver 500 ativos receberá 25 papéis, enquanto quem tem 600 adquirirá 30, e assim por diante.

É provável que o preço das ações redija a distribuição dos dividendos, a fim de que após esse processo ele continue o mesmo. O resultado é que o número de ações que a pessoa tem aumenta depois do pagamento ser realizado.

Dividendo one-time

É uma parcela do lucro especial que a empresa pode pagar além de seus dividendos regulares.

Ele pode acontecer devido a eventos inesperados, como ganhos com processos judiciais, aumento de caixa repentino ou venda de um empreendimento.

Quais as vantagens e desvantagens de investir em dividendos?

O investimento em dividendos é muito procurado como forma de aumentar a renda e, consequentemente, a riqueza de modo constante.

De fato, quando bem utilizados, eles podem apresentar bons resultados, no entanto, é preciso ficar atento e fazer a lição de casa ao encontrar empresas confiáveis e seguras para realizar as aplicações.

Contudo, quando isso não acontece, os retornos podem não ser de acordo o esperado, gerando frustração e até mesmo prejuízos.

Um detalhe importante a ser observado é que o recurso proveniente dos dividendos é pago com isenção do imposto de renda, que é um atrativo mais significativo para quem opta por esse tipo de investimento.

O investidor que já acumulou um bom recurso financeiro, aportado em ações pagadoras de dividendos, geram uma renda passiva mais frequente proveniente das empresas que realizam esses pagamentos.

Com isso, ele tem mais liquidez para reinvestir em novas organizações ou para consumo próprio. Inclusive, temos um material com 3 investimentos que podem fazer com que você tenha um salário vitalício.

Como investir em dividendos?

O primeiro passo é se informar sobre o funcionamento dos dividendos, a fim de encontrar empresas que estejam de acordo com as expectativas e objetivos da pessoa.

Existem ações que pagam bons dividendos, e por isso, é importante estar atento. Com um planejamento estruturado, foco e disciplina, é possível sim conquistar a tão sonhada liberdade financeira e viver de renda.

Gostou do conteúdo? Neste artigo falamos sobre investimento em dividendos e como ele pode ser uma boa opção para otimizar os recursos e potencializar os lucros.

Antes de tomar qualquer decisão, no entanto, é muito importante estar bem informado sobre o assunto, assim como acertar na escolha de boas empresas, que contem com credibilidade e consistência o mercado.

Com uma visão diferenciada e um planejamento estratégico bem definido, é possível obter ótimos resultados.

Agora que você está decidido a ampliar o seu patrimônio com responsabilidade, participe da nossa Aula Inédita e Gratuita onde o André revela o Protocolo Alpha-6, um método desenvolvido pelo Centro de Inteligência de Investimentos do GuiaInvest para você detectar as ações mais explosivas da Bolsa de Valores

Equipe GuiaInvest

Nossa missão é ajudar as pessoas a poupar, administrar e investir seu dinheiro de maneira inteligente para que conquistem a liberdade financeira.

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora
E-book: O Plano Definitivo para Conquistar sua Liberdade Financeira
[Semana da Regra nº]
[Semana da Regra nº]