GuiaInvest
Investimentos pro futuro: como ter maior segurança?

Investimentos pro futuro: como ter maior segurança?

Deseja saber como aproveitar o ótimo cenário da Bolsa de Valores mas ainda assim contar com segurança e assertividade? Então este artigo é pra você.

Na presença de um novo cenário econômico, é normal que você se sinta mais apto a dar um salto na diversificação de alocação do dinheiro. Diante disso, seria possível ter mais segurança em relação aos investimentos pro futuro?

Gerar patrimônio para desfrutar de uma aposentadoria tranquila, poder viajar e passar mais tempo com a família é o conceito da Liberdade Financeira.

Mesclar o uso de recursos é o que grandes aplicadores buscam para potencializar a rentabilidade — já que é a partir dela que se torna possível vislumbrar um futuro mais seguro e tranquilo.

Neste artigo, você entenderá como investir de forma segura, bem como conferir exemplos de investimentos, saber como estabelecer objetivos e, por fim, como se destacar na bolsa de valores.

Portanto, se você tem o objetivo de viver de renda e garantir o futuro econômico pessoal, continue a leitura!

Como fazer investimentos pro futuro de forma segura?

De forma simples, a melhor maneira para realizar isso é sempre buscar o conhecimento por meio de livros, vídeos e ferramentas que te aproximem de outros casos de sucesso.

Antes de partir para a prática, é preciso se preparar corretamente, entender o montante e acumular um valor seguro em sua reserva de emergência.

Confira abaixo alguns passos recomendados e fundamentais!

Estabeleça um planejamento com propósitos

O ponto de partida para se sobressair é olhar para si mesmo e definir qual objetivo você pretende conquistar.

Estabeleça o destino dessa aplicação, seja a sua reserva de emergência, conquistar a liberdade financeira, comprar uma casa ou ter uma aposentadoria. Isso é fundamental para estimular a acumulação de patrimônio.

Para começar uma diversificação, é importante manter uma boa organização financeira. A disciplina e elaboração auxiliam todo o processo.

Especialistas na área recomendam estabelecer alguns objetivos principais e dividi-los em períodos de curto, médio e longo prazo.

Descubra o seu perfil pessoal para investimentos

Entender a aversão de risco é algo necessário para saber como você vai lidar com perdas, o que ajuda a liquidar uma série de erros cometidos em investimentos.

Você já conhece o seu perfil de investidor? Para isso, responda às perguntas: você prefere risco ou rentabilidade? Até que nível você se arriscaria? Qual seu nível de ambição?

Sabendo isso, perfeito: nada melhor do que conhecer a si próprio para saber escolher os investimentos que mais se adequam. Entretanto, é comum essa característica mudar em um determinado período no decorrer da vida.

Você pode criar mais aversão a riscos ou estar mais disposto a enfrentá-los de acordo com o conhecimento e aprendizado que se adquire. Por exemplo, você pode ser conservador até que crie uma boa reserva de emergência.

E tendo essa reserva criada, pode começar a experimentar investimentos mais arriscados pela sua rentabilidade (uma vez que parte do seu patrimônio está guardado em investimentos seguros).

Existem três categorias de perfis estabelecidos como os mais recorrentes: o conservador, que costuma dar muito mais importância a segurança; o moderado, que é o centro entre os dois perfis; e o arrojado, que tem mais tolerância ao risco.

Separe uma reserva emergencial para evitar contratempos

Esse é um passo importante para você tomar, pois tem o intuito de esquivar-se de imprevistos. É a famosa reserva de emergência, que já comentamos acima.

Com isso posto em prática, é possível pagar despesas emergenciais que ocorrem de forma inesperada sem interferir nos investimentos. Exemplos disso é um pneu furado, computador estragado, ou até mesmo um problema de saúde  que pode vir a desajustar o seu orçamento.

O conceito é fundamental para elevar as hipóteses de um dia usufruir de uma rentabilidade mais alta com segurança. Além disso, a reserva garante mais tranquilidade para lidar com as adversidades enquanto mantém seu capital trabalhando de forma contínua.

A aposentadoria, por exemplo, é um investimento de longo prazo e, para construir o patrimônio que será usado no futuro, ter uma reserva emergencial é primordial para começar.

Esse é o primeiro passo para ter seguridade sem ter que gastar o dinheiro já investido. E tendo isso, você pode partir para investimentos infinitamente mais rentáveis para a sua Liberdade Financeira e aposentadoria.

Como montar uma carteira de investimentos pro futuro?

Os pilares essenciais para montar uma carteira de sucesso está em focar nos seus objetivos e na diversificação. Em seguida vem a escolha do produto, a rentabilidade, riscos e como está o comportamento do cenário econômico.

Não é preciso dispor de muitos recursos para começar a estruturar uma carteira.

A diversificação das aplicações é o ponto certeiro para ter um bom desempenho e diminuir a volatilidade do mercado. Conheça algumas medidas seguras:

  • reserva de emergência com alta liquidez e baixo risco;
  • investimentos de curto, médio e longo prazo;
  • adequação das aplicações aos objetivos estabelecidos;
  • manutenção das aplicações de acordo com o cenário.

O objetivo de um portfólio bem feito é justamente ter resultados positivos mesmo com a economia em baixa.

Deixar seu capital investido em apenas uma determinada aplicabilidade, seja ela renda variável, fixa ou poupança, é a receita para o desastre. Por isso, construir uma carteira sólida e independente do montante disponível é essencial.

Quais os investimentos pro futuro que podem ajudar a atingir a liberdade financeira?

Quando você entende o seu perfil, como montar uma carteira e os passos que vão garantir uma melhor rentabilidade, chega o momento de conhecer os produtos disponíveis para alocar o capital de forma inteligente. Veja!

Tesouro Direto

Por ser o mais seguro do mercado, é tido como o ponto de partida de todo investimento. Emitidos pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), esses títulos públicos são contratos em que você empresta dinheiro ao governo federal e recebe com juros do período.

Os principais títulos públicos emitidos são:

  • o Tesouro Selic, com oscilação de acordo com a taxa básica de juros da economia brasileira;
  • o Tesouro Prefixado, que propicia uma taxa fixada sendo possível calcular o resultado do investimento;
  • e o Tesouro IPCA+, com taxa oscilando de acordo com o índice de preços ao consumidor.

Certificado de depósito bancário (CDB)

Essa aplicação financeira funciona de forma parecida com o Tesouro Direto, mas, em vez de ser oferecido pelo setor governamental, é cedido por financeiras privadas.

A taxa do CDB é, em sua maioria, pós-fixada, usando como base o indicador de certificado de depósito interbancário (CDI). Para chegar a esse valor, os bancos calculam a média das negociações que ocorreram ao longo do dia.

Mercado de ações

O investimento em ações, quando feito com segurança, é o que apresenta maior oportunidade de aumentar o capital. Nessa modalidade, você comprará frações de uma empresa (ações) das listadas na bolsa de valores brasileira.

Por conta da grande volatilidade dos mercados e de acordo com o gerenciamento de cada companhia, o desempenho pode variar bastante.

A análise fundamentalista, que busca rentabilidade futura de acordo com o desempenho anterior da empresa, é um mecanismo para comprar ações de forma segura.

Como ter investimentos pro futuro na bolsa de valores?

Obter um bom desempenho na bolsa de valores é viável se a empresa apresentar um balanço consistente ao longo dos anos.

Para identificar isso, é preciso entender que existem dois tipos de ações: as preferenciais (PN) e as ordinárias (ON). As PNs não dão direito a voto dentro da empresa, mas têm preferência no recebimento de dividendos, enquanto as ONs oferecem esse benefício no conselho da instituição e têm menos preferência.

Investir em ações é a melhor maneira de aumentar o seu patrimônio no longo prazo, com segurança e agilidade.

Se você deseja aprender como aproveitar o ótimo momento brasileiro para investir em ações, participe da nossa mais recente palestra online, onde o André Fogaça explica 7 indícios de que uma incrível onda de valorização da Bolsa está se aproximando.

Além disso, ele mostra o passo a passo de como você pode aproveitar para lucrar com ela. Confira os horários disponíveis, a palestra é totalmente gratuita.

Equipe GuiaInvest

Nossa missão é ajudar as pessoas a poupar, administrar e investir seu dinheiro de maneira inteligente para que conquistem a liberdade financeira.

[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]