GuiaInvest
habitos vencedores investimentos

Conheça 4 hábitos comprovadamente vencedores nos investimentos

Você acha que é possível desenvolver hábitos e comportamentos que o conduzirão ao sucesso como investidor? Dois dos maiores investidores de todos os tempos acreditam que sim. E hoje eu quero revelar a você quais são esses hábitos e por que eles são tão importantes para você evoluir, dia após dia. Vamos lá?

Investimentos: você acha que é possível desenvolver hábitos e comportamentos que o conduzirão ao sucesso como investidor?

Dois dos maiores investidores de todos os tempos acreditam que sim.

E hoje eu quero revelar a você quais são esses hábitos e por que eles são tão importantes para você evoluir, dia após dia. Vamos lá?

#1. Sua prioridade máxima é preservar seu capital

investidor-habitos-sucesso-investimentos-acoes-bolsa-ibovespa-5

O primeiro hábito dos investidores de sucesso é inspirado na regra máxima de Warren Buffett: nunca perca dinheiro, que inclusive, já abordei em detalhes aqui.

Esse é o alicerce e ponto de partida para os outros 22 hábitos apresentados no excepcional livro Investimentos: os segredos de George Soros & Warren Buffett: o que você pode realmente aprender com os investidores mais bem-sucedidos do mundo, de Mark Tier, que traz informações preciosas sobre o modo de pensar e investir de dois dos maiores investidores de todos os tempos.

Entendo que talvez essa regra possa fazer mais sentido na teoria do que na prática em um primeiro momento, mas pode ter certeza que ela faz total sentido quando você tem um plano e uma metodologia para investir baseado nela.

Lembre-se: seu objetivo primário ao investir em ações não pode ser “ganhar muito dinheiro”. Trabalhe sua mente para um pensamento de preservação de capital, antes de tudo. É isso que vai possibilitar a realização de seus sonhos.

#2. É avesso a riscos

investidor-habitos-sucesso-investimentos-acoes-bolsa-ibovespa-4

O hábito de evitar o que é bom demais para ser verdade está diretamente ligado à regra anterior. Quando você tem o pensamento focado em preservar o capital, vai naturalmente evitar ciladas, pois restringirá suas decisões ao seu círculo de competência.

Você deve se lembrar de quando Warren Buffett optou por não investir em empresas de tecnologia durante o boom das ponto.com, que estava fazendo milionários da noite para o dia.

Por mais tentador que o promissor cenário (que acabou se transformando em apocalíptico) fosse, o megainvestidor ficou de fora simplesmente porque não entendia nada daquilo. Simples assim.

Em um trecho do livro, Tier conta que a maioria dos investidores, erroneamente, acredita que, quanto maior o risco, maior a probabilidade de lucro. “O mestre em investimentos, ao contrário, não acredita que o risco esteja relacionado à recompensa”. 

Ao investir somente quando suas expectativas de lucro são positivas, esse perito assume pouco ou nenhum risco”.

#3. Atravessa os quatro estágios da aprendizagem sobre investimentos

aprendizagem sobre investimentos

Ter a consciência para investir somente quando as expectativas são positivas só é possível depois que você passa pelo que o autor do livro chama de “os quatro estágios da aprendizagem”.

Preste muita atenção nisso porque tenho certeza que irá se identificar. Inclusive, quero que você me conte nos comentários o que acha disso, combinado?

a – Incompetência inconsciente (não sabe que não sabe):

Estágio inicial de todo novo investidor. Pode ser comparado a quando você está aprendendo a dirigir e ainda não sabe como se portar no trânsito, coisa que, alguns anos mais tarde, passa a dominar.

É nesse estágio que o investidor é altamente propenso a se expor a riscos desnecessários simplesmente porque não tem ideia do que está fazendo.

b – Incompetência consciente (sabe que não sabe):

Quando você admite que não sabe e aceita sua própria ignorância, possivelmente passará por um período de dificuldade.

Talvez o desânimo e o desespero batam à sua porta, mas essa é uma etapa fundamental no processo de aprendizado do investidor e depende, sobretudo, de ter humildade para reconhecer dificuldades e despreparo.

Sabe aquela história de que reconhecer um problema é o primeiro passo para solucioná-lo? É exatamente do que se trata.

c – Competência consciente (sabe o que sabe e o que não sabe):

É quando você começa a sentir confiança sobre o quanto domina um assunto, mas ainda não está pronto para tomar decisões automáticas ou rápidas.

Muitos investidores pensam que podem pular esse estágio ou “terceirizá-lo” ao seguir dicas, conselhos e práticas de um guru, mas entenda que no processo de aprendizado não existem atalhos.

A evolução é um processo natural quando você está constantemente estudando, se atualizando e ganhando experiência. É isso que o conduzirá ao último estágio.

d – Competência inconsciente:

Pense em algo que é extremamente natural em sua rotina, como amarrar o cadarço, andar e falar, dirigir ou, ainda, algo em que você seja bom o suficiente para agir de forma automática.

São atividades que um dia foram complexas, mas que hoje são feitas tranquilamente. Nos investimentos, esse estágio não vem da noite para o dia, como você deve imaginar, mas é algo que acontece naturalmente com o passar dos anos, dos acertos e erros e de tudo o que você aprendeu.

É esse estágio que você deve almejar se o seu objetivo é ser um value investor de verdade.

#4. Não faz nada quando não há nada a fazer

pausa nos investimentos

Entenda de uma vez por todas que você não precisa (e não deve) comprar uma ação apenas “para se manter ativo” ou por qualquer outra justificativa, para não dizer desculpa, que criar.

George Soros tem uma frase que considero genial e que se estende muito além dos investimentos. Seguramente é uma regra para a vida e trabalho. “Para se obter sucesso, precisamos de momentos de ócio. Você precisa de muito tempo sobrando nas mãos”.

Por quê? Para ter tempo para pensar. Eu insisto em formular uma tese antes de tomar uma posição, mas leva tempo para descobrir a base lógica de uma determinada tendência de mercado”. Você já “parou para pensar” hoje?

Na mesma linha, Buffett reforça: “Tudo o que eu quero é uma boa ideia a cada ano, mas, se você realmente me pressionar, acabarei concordando com uma boa ideia a cada dois anos”.

Não pense, porém, que o período aparentemente inativo não serve para nada. É nele, por exemplo, que você estará percorrendo as etapas dos estágios de aprendizagem.

Desenvolva seus próprios hábitos de sucesso

habitos de sucesso

Meu objetivo com esse artigo foi apresentar alguns conceitos relacionados ao value investing que estão intimamente ligados aos aspectos psicológicos de se investir em ações.

O livro, no entanto, aborda em detalhes outros vinte hábitos. Se você está em busca de chegar no quarto estágio do processo de aprendizagem, recomendo fortemente que leia essa fascinante obra.

Bons investimentos.

Aprenda como ganhar de R$1mil a R$5mil por mês com dividendos, mesmo que tenha somente R$100 para começar.

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).