GuiaInvest

E se o governo tributar dividendos?

Vamos ouvir falar disso nos próximos meses, inevitavelmente.

Se muitos investidores estavam rindo à toa por receber dividendos sem ter de pagar Imposto de Renda, já se vê que muitos agora estão rindo de nervosos.

Faz parte da vida.

O Brasil enfrenta um problema fiscal há pelo menos 4 anos e tributar dividendos sempre surge como pauta para melhorar as contas do governo. Mais do que isso, parece ser um consenso entre as equipes econômicas dos 4 principais candidatos à presidência da república (Bolsonaro, Marina, Alckmin e Ciro).

Mas afinal, é justo com o investidor tributar dividendos?

Do ponto de vista da experiência da maioria dos países, sim.

Somente o Brasil e a Estônia(!) não tributam a distribuição de dividendos. Todos os outros países o fazem.

Isso serviria também para dar mais progressividade à carga tributária brasileira, que hoje ainda pesa muito sobre consumo de bens e serviços e pouco sobre renda e patrimônio.

No entanto, há um ponto controverso: se por um lado tributar dividendos parece ser razoável, por outro, no Brasil muitas empresas já são muito tributadas no processo de produção, o que causaria um efeito de “bitributação” na distribuição dos dividendos, caso venha a existir esse imposto.

Qual seria o mundo ideal?

Se as empresas pudessem ser menos oneradas no circuito produtivo e somente tributadas na hora de distribuir os lucros, certamente viveríamos em um mundo melhor. É assim que funciona tanto nos países da Europa, quanto nos Estados Unidos e membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Teimo em acreditar que o Brasil não seguirá nessa direção tão cedo. Por mais que os principais candidatos flertem com essa ideia, julgo que são medidas que não passariam fácil pelo nosso estimado Congresso Nacional.

Mas e você diante de tudo isso?

Vou ser direto: isso em nada deve alterar sua postura de investidor.

Investir em ações pagadoras de dividendos olhando para longo prazo seguirá sendo uma forma maravilhosa de acumular patrimônio. Se tivermos esse contratempo, paciência e vida que segue. Não é isso que vai mudar o final da história.

Enquanto isso, vamos aproveitar o que temos por hoje.

Top 10 ações pagadoras de dividendos da bolsa brasileira (atualizado).

Masterclass de Dividendos: como montar uma carteira capaz de gerar um Salário Vitalício.

Os 3 tipos de investimentos que geram renda extra.

Copom decide hoje qual a direção da taxa Selic. Expectativa é de manutenção em 6,5% ao ano. A dificuldade de retomar a atividade econômica já coloca a previsão da Selic para 7,5% em 2019 por alguns integrantes do mercado.

Que me desculpem os críticos, mas com um juro baixo desses, sinto cada vez mais que a bolsa tem tudo para subir, independente de quem seja eleito presidente.

Ps.: me responda abaixo: o que impede você de começar a investir em ações por conta própria? Lembre-se que para investir bem é necessário… investir.

Ps2.: Bolsonaro jogou para o seu eleitorado e, na minha opinião, foi mal sabatinado no debate do Roda Viva de segunda-feira. Quem amava continua amando, quem odiava odeia ainda mais. Mas é impressionante como fica claro seu desconhecimento acerca de temas mais técnicos (e quem sabe muito mais importantes dos que ele gosta de abordar). Será que ele tem equipe para dar conta disso se for eleito?

Martin Kirsten

Economista do GI. Mestre e Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Investidor desde 2013, já trabalhou no mercado financeiro e assina a newsletter Recado do Economista aqui no GI. É um amante de café e de uma boa culinária.

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora
E-book: O Plano Definitivo para Conquistar sua Liberdade Financeira