GuiaInvest
Day trade: compensa ou não?

O que é day trade e por que é tão arriscado?

Day trade: se você já pesquisou sobre como ganhar muito em pouco tempo, já se deparou com esse termo.

No entanto, até que ponto vale o risco?

Já te explicamos, em outros artigos aqui do GuiaInvest, que a relação entre lucro rápido e risco é diretamente proporcional.

Por isso, pense bem antes de investir através do day trade. Se você não é um expert em especulação, pode ter muitos problemas com isso.

Quer saber um pouco mais sobre ele, avaliar as vantagens e desvantagens? Então continue a leitura!

 

O que é day trade?

Antes de iniciarmos a nossa análise sobre essa prática, é fundamental que você compreenda o que é, efetivamente, o day trade.

Afinal, se você está pretendendo utilizá-lo, é bom que saiba tudo sobre.

Day trade é uma operação de compra e venda de ações, sempre da mesma empresa, a ser realizada em um único dia.

Por consequência, essa entrada e saída de capital, feita de modo urgente, gera uma oscilação no preço da ação.

Assim, essa variação pode resultar em lucro para o investidor.

Fácil, não é? Realmente. Se analisarmos apenas o conceito, o day trade é algo muito simples de se compreender.

No entanto, você precisa se lembrar que o mercado não é estático e, portanto, os planos podem não sair como o investidor quer.

De fato, quem investe realizando day trade sabe quais os riscos implicados.

Antes mesmo de iniciar as transações, o investidor faz toda uma análise de mercado, considerando os seguintes pontos:

  • Movimento das ações pretendidas (em níveis de anos), avaliando qual a variação das mesmas;
  • Potencial de investimento, buscando compreender qual o lucro que poderá ser obtido com a prática do day trade;
  • Tendências do mercado para os ativos que pretende movimentar.

Porém, como dissemos anteriormente, mesmo com toda essa pesquisa prévia, o investidor pode esbarrar em seu único revés, que a volatilidade da Bolsa de Valores.

Essas operações arriscadas, acabam sofrendo ainda mais interferências do mercado, o que pode afetar, diretamente, a rentabilidade de um ativo.

O resultado para isso todos sabemos: perda de dinheiro.

 

Como funciona o day trade?

Compreendido o que é essa prática, podemos prosseguir com a nossa análise sobre o day trade.

Perceba que ele é uma mistura complexa de análise e projeção, com algumas pitadas – arriscadas –  de imprevisibilidade da Bolsa.

Por isso, o day trade é mais indicado para os investidores que já possuem conhecimento sobre as variações de mercado.

Além disso, ele deve ter disponibilidade de tempo integral, para acompanhar e controlar os seus investimentos diários.

Mesmo porque, praticando o day trade, os negócios são fechados no mesmo dia, sem chance de serem adiados para o próximo.

 

Zerar a posição

No day trade, tudo o que for comprado hoje, deve ser liquidado hoje. É a regra que justifica a prática.

Isso é chamado de zerar a posição. Ou seja: voltar para o início, onde você não tinha nenhuma ação da companhia.

O prazo para a venda vai do entendimento do investidor. É claro que ele estará de olho no momento em que elas mais se valorizarão, para poder liquidar seus ativos com maior chance de lucro.

De um modo bastante simples, vamos imaginar um cenário de aplicação do day trade.

Você compra uma unidade de ação da empresa A, às 10h, pelo valor de R$ 10.

Analisando a oscilação do mercado, você resolve vender essa mesma ação às 12h, pelo valor de R$ 40.

Seu lucro foi de R$ 30, no período de tempo de 2 horas. Estimulante, não é?

Imagina se tivesse comprado não uma, mas 100 ações? Seu lucro seria de R$ 3000!

É isso que leva as pessoas a se sentirem encantadas pelo day trade: lucro rápido.

No entanto, imagine que, às 11h, o mercado sofreu um impacto e a ação que você comprou por R$ 10 passasse a valer R$ 2.

Sua perda seria de R$ 8. Agora, imagine se tivesse comprado 100 ações? Seu prejuízo seria de R$ 800.

Entende como o day trade pode se tornar desvantajoso?

Mesmo que esse seja um cenário fictício, não podemos duvidar das oscilações do mercado, que geram impactos catastróficos.

Por isso, os day traders devem ser pessoas experientes, que consigam deduzir as oscilações de acordo com o acompanhamento integral das variações da Bolsa de Valores.

Assim, eles podem concretizar as vendas para alcançar lucro ou antes que se tornem muito desvantajosas.

A adrenalina que envolve o dray trade é muito grande.

 

Quais os riscos que envolvem o day trade?

Day trade é muito arriscado para o investidor iniciante

Basicamente, o de perder dinheiro. Não temos um modo mais simples de falar isso. Essa é a maior desvantagem da prática do day trade.

No entanto, com conhecimento é possível contornar essa situação.

Além disso, você também pode iniciar aos poucos, investindo em ações mais baratas, como um treino.

Também invista em Masterclass sobre o mercado, para aprender mais sobre ele e, quem sabe, começar uma ou outra especulação.

Se manter informado e aumentar o seu conhecimento é o modo mais correto de se arriscar no day trade.

Temos um artigo que fala sobre os principais riscos no mercado de ações, que leva à perda de dinheiro. Veja só.

Com isso, você pode minimizar, pelo menos um pouco, o risco de perder dinheiro.

Ao mesmo tempo, tente aprender mais sobre o mercado de ações. Há muitas outras formas de alcançar a Liberdade Financeira.

Neste artigo, nós te ensinamos, literalmente, a Como enriquecer na Bolsa com ações.

 

Quem pode realizar o day trade?

Em teoria, qualquer pessoa que tenha dinheiro para comprar ações e tempo para observar o mercado.

No entanto, vale reforçar o que estamos dizendo desde o início.

O day trade é uma operação avançada, mais indicada para investidores experientes em renda variável.

Além disso, ele também não é indicado para pessoas que não suportam a pressão da oscilação da Bolsa de Valores.

Como dito, a adrenalina é grande, mas a tensão é maior ainda.

Por isso, tome cuidado se está planejando iniciar o day trade. Estude muito e prepare-se para as intempéries que podem surgir.

É muito importante que você conheça o seu perfil como investidor. Assim, você será capaz de determinar quais as melhores ofertas para você.

Leia mais sobre isso neste artigo: A importância do autoconhecimento para minimizar riscos.

 

Day trade compensa?

Essa é uma pergunta que você mesmo deve responder.

Mostramos a você qual é o cenário que se aplica ao day trade, bem como te explicamos como ele funciona.

Efetivamente, ele apresenta riscos grandes demais, que só compensam se o lucro for exorbitante.

Se você está animado para começar a investir, ou até mesmo deseja variar as suas aplicações, experimente outros meios de lucrar, como os investimentos à longo prazo.

Agora, se quer aprender a multiplicar seu dinheiro com as melhores ações da bolsa, assista a palestra gratuita que vai te ensinar Como Conquistar sua Liberdade Financeira em 3 simples passos

 

Equipe GuiaInvest

Nossa missão é ajudar as pessoas a poupar, administrar e investir seu dinheiro de maneira inteligente para que conquistem a liberdade financeira.