GuiaInvest
Como funciona o Aluguel de Ações?

Como Funciona o Aluguel de Ações?

Apesar de pouco conhecida, o aluguel de ações é uma atividade segura e que pode render uma grana extra. Afinal, hoje em dia se alugam e compartilham muitas coisas, por que não ações?

O aluguel de ações é um recurso seguro, intermediado pela Bolsa de Valores. Ele permite emprestar os seus papéis em troca de uma taxa extra.

Para quem disponibiliza as ações, essa é uma forma de aumentar a rentabilidade da carteira. Para quem loca, vê nisso uma oportunidade de investimento.

Já notou como muitas coisas estão sendo alugadas e compartilhadas? Casa, carro, vaga na garagem, brinquedos para festas, bicicleta, cortadores de grama, guarda-sol… O mesmo pode acontecer com ações.

Na operação de aluguel de ações temos o doador e o tomador.

O doador é o proprietário das ações que resolve disponibilizá-las para o aluguel. Já o tomador é quem toma as ações emprestadas mediante a uma garantia e uma taxa prefixada.

O aluguel de ações é semelhante ao processo de qualquer outro aluguel, como um apartamento, por exemplo.

O doador informa à corretora seu interesse de alugar seus papéis, define a quantidade, o prazo do aluguel e a quanto quer receber.

Vantagens do aluguel de ações

Como funciona o Aluguel de Ações?

Para o doador, alugar suas ações significa aumentar a sua rentabilidade.

Como na maioria das vezes o detentor dos ativos tem uma estratégia de longo prazo, ele decide disponibilizar suas ações para rentabilizar (ainda mais) um ativo que estava “parado”.

Pode até parecer uma rentabilidade baixa, mas, além do valor do aluguel, o doador ainda continua recebendo dividendos e tendo seus ativos valorizados conforme os anos passam.

Já o tomador desse empréstimo, muitas vezes são traders experientes que precisam dos ativos para viabilizar algumas operações a curto prazo.

É comum o tomador, logo após receber essas ações, vende-las acreditando na queda do preço e depois recomprá-las a um preço menor para devolvê-las ao doador, obtendo, assim, lucro na operação.

Essa operação é conhecida como venda a descoberto.

Vantagens para o doador

A principal vantagem do aluguel de ações para o doador é o recebimento dos aluguéis. Como ele continua recebendo os dividendos das ações, mesmo com elas alugadas, são duas fontes de renda: dividendos + dinheiro do aluguel.

Essa então pode ser uma boa opção para ter mais rentabilidade e manter a carteira de ações sem ter que vendê-las.

Como a operação de aluguéis de ações é garantida pela CBLC – Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia, a negociação possui baixo risco para o doador.

Não há custos de operação para o doador e a renovação é automática e feita pela taxa de mercado.

Vantagens para o tomador

O aluguel de ações é ideal para investidores que querem operar no curto prazo e apostar na queda das ações para poder lucrar com isso.

Por isso, costuma ser indicado para investidores que aceitem assumir riscos. Uma vez que estes são inerentes a operações de curto prazo na bolsa.

Além da possibilidade de ganhar com a oscilação do mercado, o aluguel de ações possui um custo fixo de 0,25% sobre o volume da operação.

Taxas e custos

É comum os investimentos terem taxas e custos para realizar a operação. No caso do aluguel de ações, tem a vantagem de não ter nenhum custo para o doador.

Já para o tomador das ações, além do valor do aluguel, existe a taxa de registro da BM&F Bovespa que corresponde a 0,25% ao ano sobre o valor total negociado.

Além destes, ainda há a taxa de corretagem que pode variar conforme a corretora.

Aproveite o ótimo momento do da Bolsa de Valores para lucrar muito com Ações! Assista à nossa mais recente palestra gratuita e descubra como lucrar muito neste cenário favorável.

Verifique aqui os horários disponíveis.

Equipe GuiaInvest

Nossa missão é ajudar as pessoas a poupar, administrar e investir seu dinheiro de maneira inteligente para que conquistem a liberdade financeira.