GuiaInvest
como escolher uma corretora

Como Escolher uma Corretora para Investir?

Como escolher uma corretora para investir em ações? Se você está iniciando sua carreira como investidor, esse artigo será muito útil. Acompanhe as próximas linhas e dê seu primeiro passo na vida de investidor.

Esta é uma das principais dúvidas de quem está iniciando na carreira de investidor.

Estou certo?

Afirmo isso porque a maioria das pessoas realmente não sabe como escolher uma corretora para começar a investir.

Não é um assunto simples – só no site da BM&F Bovespa, por exemplo, encontramos cerca de 90 delas.

E muitas oferecem serviços muito parecidos… O que deixa você ainda mais cheio de dúvidas e com razão.

A verdade é que são os pequenos detalhes que fazem toda a diferença na hora de escolher.

Você só precisa reconhecer as informações certas.

Fique tranquilo pois a sua dúvida vai acabar aqui e agora, no desenrolar deste texto.

Nas próximas linhas irei explicar pra você, em 8 simples passos, como escolher uma corretora de confiança para os seus investimentos.

Irei ensinar para você as principais qualidades e características que uma boa corretora deve ter para levar você ao sucesso.

Definitivamente não é o preço nem a fama da corretora que você deve levar em consideração na hora de escolher…

Quando você terminar de ler este artigo saberá o que fazer e poderá compartilhar o que sabe com seus conhecidos.

Agora vamos ao que interessa…

Passo a Passo para Escolher uma Corretora para Investir em Ações

1 – Fique de olho nas taxas

Prestar atenção nos custos da sua corretora é uma das coisas mais importantes a se fazer.

Isso vai fazer toda a diferença nos lucros dos seus investimentos.

Basicamente, existem duas taxas que você terá que arcar:

  1. a) Taxa de custódia: É como se fosse uma mensalidade que a corretora cobra para manter o seu cadastro.

O valor pode variar de 0 a 40 reais.

É importante destacar que uma corretora não é melhor que outra só por não cobrar essa taxa. No entanto, seria uma economia a mais que você estaria fazendo.

Mas não esqueça: este não deve ser o principal motivo para a sua escolha.

  1. b) Taxa de corretagem: É o valor cobrado para cada operação de compra ou venda de ações que você faz pela corretora.

O valor pode ser fixo ou uma porcentagem do valor da operação que você vai fazer.

Esta taxa também varia bastante dependendo da corretora. Gira em torno de R$ 0 a R$ 20 por transação.

Quanto menores forem os seus aportes mensais, menos você deve gastar com essas taxas. Então, opte sempre por uma corretora com o melhor custo-benefício.

2 – Peça indicações

O bom e velho boca a boca é o melhor ponto de partida para escolher uma corretora. Converse com amigos e familiares que já investem para colher impressões.

Se você já foi meu aluno em algum curso, sabe que a minha corretora é a Clear, porque considero o melhor custo benefício que já encontrei. Sempre importante lembrar nesses casos que nós não temos nenhum vínculo ou contrato com essa corretora.

Por fim, fique de olho neste artigo porque eu acredito que o pessoal vai comentar com suas dicas.

Alô, investidores: vamos ajudar quem está começando?

3 – Não defina sua escolha apenas pelo preço

Algumas corretoras vendem a ideia de preço baixo nas taxas de corretagem.

Não que isso seja errado, mas vale um alerta principalmente se você está começando: como disse anteriormente, não deixe este ser o principal motivo da sua escolha.

É importante contar com um bom atendimento, por exemplo, seja para entender o funcionamento do mercado, o sistema de compra e venda de ações (home broker) ou tirar dúvidas quando quiser.

4 – Estabilidade do home broker

Esse é um ponto importante para avaliar.

O sistema de compra e venda de ações da corretora é confiável?

Para descobrir a resposta vale uma conversa prévia com a corretora, mas também (e principalmente) com pessoas que já utilizam o sistema.

Pode ocorrer de o sistema deixar você na mão quando você mais precisar. Essa é uma dor de cabeça que você não quer ter, acredite!

5 – Conteúdo para o investidor

A corretora fornece relatórios de mercado, boletins diários, estudos sobre empresas e setores, carteiras recomendadas?

Esse material é muito importante para quem está começando.

Não que você deva aceitar e concordar com tudo o que recebe, mas bons conteúdos sobre o mercado de ações sempre são importantes.

Você aprimora o seu conhecimento e passa a ter suas próprias fontes de informação para fazer suas análises.

6 – Um bom atendimento é essencial

É possível que agora você esteja apenas em busca de um home broker confiável e um bom preço.

No entanto, cedo ou tarde, você vai precisar falar com alguém de carne e osso. Se a sua corretora não tiver um bom departamento de atendimento você irá se enfurecer.

Quais são os canais de atendimento que ela oferece? Os profissionais estão facilmente disponíveis para pequenos clientes?

Chat em tempo real, e-mail e telefone de fácil acesso são fundamentais.

como escolher corretora para investir em ações

7 – Diversidade de produtos

É natural que você esteja pensando apenas em investir em ações agora, mas avalie que outros produtos a corretora oferece.

Fundos de investimento, mercado futuro, debêntures, títulos públicos, ouro…

Lembre que é importante diversificar não apenas a carteira de ações, mas a de investimentos como um todo.

8 – Prefira uma corretora independente

Boa parte dos bancos de varejo oferece a possibilidade de comprar ações através do internet banking, mas meu conselho é que você evite fazer isso.

O investimento em ações não é o produto central dos bancos.

Já nas corretoras, sim. Isso, por mais simples que pareça, já é um bom motivo para você levar seus investimentos para um lugar especializado.

Os bancos sempre vão tentar forçar a venda de produtos que são mais atrativos para eles e provavelmente não vão atender aos tópicos que listei anteriormente neste artigo.

Corretora escolhida, é hora de agir!

Você deu seu o primeiro passo como investidor. Parabéns! Agora você pode abrir a sua conta com tranquilidade.

A próxima coisa que você deve fazer agora é analisar e escolher as melhores ações para a sua carteira.

Aquelas que podem verdadeiramente multiplicar os seus investimentos. As que podem ser chamadas de Joias da Bolsa de Valores.

E é claro que eu vou ajudar você nisso também.

Este é um passo muito importante, pois é definitivo para o seu futuro financeiro.

Escolhas erradas podem comprometer todo o seu patrimônio, e não é isso que você nem eu desejamos.

Por isso peço toda a sua atenção aqui.

Avaliar as mais de 400 ações da bolsa é uma tarefa difícil, você precisa de muitas horas para conseguir chegar a uma conclusão.

Você pode até analisar uma a uma que ainda assim levaria tempo, pois são muitos os pontos importantes e decisivos que você deve levar em consideração.

E, por falar nisto, você sabe quais são estes indicadores tão importantes?

Quais são os dados a serem observados, quais demonstram instabilidade, quais demonstram um potencial crescimento…

Adiantando, afirmo pra você: é perfeitamente normal que você não saiba.

Foi pensando exatamente nisto que eu criei uma aula especial e totalmente gratuita, para ajudar você neste passo tão importante.

Nela eu revelo uma estratégia que identifica e seleciona para você as verdadeiras Joias da Bolsa.

Isso mesmo que você entendeu: você vai aprender a avaliar as ações e selecionar apenas aquelas que são as melhores opções.

Muito mais simples, rápido e fácil do que você imagina.

Excelente pra você que se divide entre trabalho, vida social e família.

Confira agora mesmo a disponibilidade de vagas e horários clicando aqui.

Quero Descobrir Quais as Joias da Bolsa

 

Crédito das imagens: www.shutterstock.com

Publicado inicialmente em 31 de outubro de 2017.

Atualizado em 25 de setembro de 2018.

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora
E-book: O Plano Definitivo para Conquistar sua Liberdade Financeira