GuiaInvest
como começar a investir em ações

Como Começar a Investir em Ações?

A pergunta que dá título a este artigo é uma das que mais escuto no dia a dia. Se você está começando a trilhar seus caminhos para ser um investidor, esse artigo traz o passo a passo para você.

Como começar a investir em ações? A pergunta que dá título a este artigo é uma das que mais escuto no dia a dia. Se você está começando a trilhar seus caminhos para ser um investidor ou ainda se vê distante do mercado por não saber bem por onde começar, escrevo hoje especialmente para você.

Sugiro que leia este artigo com atenção e salve em seus favoritos, porque além do passo a passo que vou apresentar, listarei dezenas de outros materiais que serão de grande utilidade para você ler agora ou posteriormente.

Venha comigo…

Como começar a investir em ações

Para começar, elaborei uma lista de ações práticas para você começar a investir em ações na Bolsa. Esta lista é praticamente o passo a passo para iniciar sua carreira como investidor. Veja a seguir:

1- Economize dinheiro

O primeiro passo para você se tornar um investidor é fazer uma autoanálise sobre sua relação com o dinheiro.

Você é daqueles que comemoram o dia do pagamento da mesma forma que celebra um gol do seu time do coração e vê o fim do mês como um martírio até o próximo salário cair? Me perdoe a franqueza, mas você jamais será um investidor!

Rever gastos inúteis e desenvolver o hábito de poupar é o primeiro passo para investir no futuro. Para isso, recomendo a leitura dos seguintes artigos a fim de que você possa se aprofundar ainda mais no assunto:

  1. Você Também Comete Estes Erros ao Lidar Com Dinheiro?
  2. Como Investir na Bolsa de Valores Com Pouco Dinheiro
  3. As 10 Atitudes que Impedem Você de Se Tornar um Milionário (e como evitá-las)
  4. Comece a Economizar Para a Aposentadoria Assim Que Puder, ou…

2 – Defina seu objetivos

defina seus objetivos para começar a investir em açõesAgora, se você já está em dia com suas finanças, mantém um bom controle do que entra e sai, poupa todos os meses (e, quem sabe, até arrisca um investimento além da poupança), já está pronto para começar a investir.

No entanto, antes de aprender como escolher as melhores ações, você precisa definir seus objetivos ao investir. A lista abaixo pode lhe dar uma ideia:

  • Aposentadoria
  • Ter um filho
  • Pagar a faculdade do filho (hoje criança)
  • Comprar um imóvel
  • Trocar de carro
  • Fazer a viagem dos seus sonhos

Independente do objetivo, porém, você precisa ter em mente que nada disso será possível em um horizonte de curto prazo.

Investimento em ações é algo a ser feito visando o futuro.

O pior erro que você pode cometer é investir hoje sonhando com uma supervalorização em poucos dias ou meses para realizar qualquer objetivo que tenha traçado.

Se fizer isso, ficará refém da sorte e do temperamento do Senhor Mercado e poderá ter dado um enorme passo para arruinar sua vida.

Nessa linha, sugiro a leitura dos seguintes artigos posteriormente:

  1. Decifrando o Mito da Racionalidade: como controlar as emoções ao investir?
  2. Qual a diferença entre investir e especular?
  3. ATENÇÃO! Não invista em ações sem antes ler isto
  4. Os 10 Erros Mais Comuns que os Investidores Cometem (e como evitá-los)
  5. Será que você consegue seguir a Regra nº 1 de Warren Buffett?

 3 – Escolha uma corretora

Após ter desenvolvido uma mentalidade focada em poupar e ter definido seus objetivos, você precisa escolher uma corretora para ser sua parceira no mercado de capitais.

A respeito disso, sugiro a leitura deste artigo, em que apresento dicas práticas para você escolher a sua. Este é o resumo do que está detalhado lá:

  1. Estude e compare as taxas que a corretora cobra.
  2. Peça indicações a amigos e familiares.
  3. Não defina sua escolha apenas pelo preço.
  4. Avalie a estabilidade do home broker.
  5. Descubra se a corretora oferece conteúdo para o investidor.
  6. Opte por uma corretora que tem um bom atendimento.
  7. Avalie a diversidade de produtos que a casa oferece.
  8. Prefira uma corretora independente.

Neste artigo aqui você encontra um passo a passo completo para abrir a sua conta na corretora que todos nós, aqui do GuiaInvest, utilizamos.

4 – Selecione as ações para investir

Selecione as ações para investirPara o investidor iniciante, essa missão pode parecer impossível, mas como tudo que você se propõe a fazer bem feito na vida, saber como escolher boas ações para se investir é algo que exige muito estudo, disciplina e dedicação.

Não será da noite para o dia que você se sentirá confortável em comprar e vender ativos na bolsa de valores. O investidor inteligente precisa passar por uma espécie de ritual de amadurecimento até que se sinta preparado.

Se você está interessado em seguir carreira na análise fundamentalista e no value investing, que é a minha praia, o melhor conselho que eu posso lhe dar é assistir este vídeo de apenas 7 minutos.

Por sorte, hoje em dia já existem maneiras práticas que agilizam o processo de análise de ações para você.

Você não precisa mais sentar horas na frente do computador e ainda correr o risco de não perceber um dado importante para a sua decisão.

Neste vídeo eu ensino um jeito ridiculamente simples de encontrar ações com ALTO POTENCIAL de valorização e baixo risco de queda em apenas 1 clique.

5 – Monitore sua carteira

Agora que você já está no “jogo”, precisa cuidar bem de seus ativos, acompanhar o desempenho das ações que têm na carteira e movimentar peças quando necessário.

Não que você tenha que monitorar o mercado diariamente e em tempo real. Aliás, sugiro até que não faça isso – a não ser que queira especular – o que não é errado, mas não é o nosso foco aqui.

Monitore seus investimentos mensalmente, mas não se desespere caso veja uma queda inesperada. Se você tiver feito sua lição de casa antes de ir às compras, principalmente no que diz respeito a respeitar a margem de segurança, o tempo será o seu maior aliado.

E agora?

É claro que neste artigo eu não pretendia apresentar tudo o que você precisa saber para começar a investir em ações.

Meu objetivo foi apresentar um caminho inicial para você captar a essência do investidor inteligente.

Se você ainda se sentir inseguro para investir na Bolsa, assista ao meu mais recente vídeo e aprenda em menos de 10 minutos o que um MBA de Finanças em Harvard jamais irá lhe ensinar sobre ganhar dinheiro com ações.

Você pode assistir agora mesmo.

Bons investimentos.

Crédito das imagens: www.shutterstock.com

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

1 comentário