GuiaInvest

Brasil cai para 8º posição

O que você deve saber sobre a nossa taxa de juros

Com a recente redução da Selic de 6,5 por cento a.a. para 6 por cento a.a. a nova poupança passou a render apenas 4,2 por cento ao ano.

A nova regra, em vigor desde 4 de maio de 2012, faz com que a poupança renda 70 por cento da taxa Selic quando ela está abaixo de 8,5 por cento a.a..

Muito pouco, não é mesmo? É preciso encontrar ativos que compensem essa queda.

A nova realidade parece ser de que o Brasil de fato vai dar adeus aos juros altos.

Não só o Brasil, mas o mundo inteiro está nessa tendência.

Após o corte em 0,5 pontos o Brasil caiu para a 8ª posição entre os países com maiores juros reais do mundo.

A nossa taxa real está em 1,63 por cento.


Fonte: Adaptada do Poder 360.

O cálculo é feito considerando a taxa de juros da atualidade e descontando a inflação projetada para os próximos 12 meses.

A média geral atual, entre as 40 maiores economias, está em -0,06 por cento.

Diversos países estão com taxa real negativa.


Fonte: Adaptada do Poder 360.

Este é um novo patamar para o mundo inteiro, e é algo que eu nunca tinha visto.

O mercado como um todo acredita em mais cortes, inclusive neste ano, e a tendência é de que a nossa taxa Selic termine esse ano em 5,5 por cento ao ano.

EUA informou novas taxas para produtos chineses, e a China iniciou, como forma de retaliação aos EUA, uma desvalorização da sua moeda. Essa guerra comercial parece estar longe de acabar.

Quais os impactos para o mundo com taxas negativas e essa disputa entre as duas maiores economias do mundo?

Vamos aguardar os próximos episódios.

Me siga no Instagram e aproveita pra conferir dicas que compartilho lá também.

@severoadriano

Adriano Severo

[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]