GuiaInvest

Aprenda a Pensar Como os Ricos (e Enriqueça!)

Se você quer enriquecer, primeiro é preciso pensar como os ricos. Mas, por onde começar? Neste artigo, compartilho 9 pontos cruciais para mudar sua mentalidade a fim de construir riqueza. Vamos lá?

Se você quer enriquecer, primeiro é preciso pensar como os ricos. Mas, por onde começar? Neste artigo, compartilho 9 pontos cruciais para mudar sua mentalidade a fim de construir riqueza. Vamos lá?

Uma das grandes paixões da minha vida é abrir um livro, encontrar um ensinamento valioso, testá-lo, comprovar que ele funciona e então trazê-lo para cá, para garantir que você também o coloque em prática para conquistar seus objetivos financeiros.

E foi assim que nasceu a ideia deste artigo. Logo depois de fechar You can choose to be rich (Você pode escolher ser rico, em tradução livre, já que ainda não foi publicado no Brasil), de Robert Kiyosaki, e de dar uma olhada nas minhas anotações sobre a obra.

Decidi que precisava escrever sobre os 9 pontos que o autor apresenta para quem quer iniciar sua jornada rumo à riqueza já um passo à frente da “concorrência” (entre aspas, claro, porque há lugar ao sol para todos. Basta você batalhar pelo seu).

Mas antes de apresentá-los, preciso destacar uma citação que chamou minha atenção. O autor de Pai Rico, Pai Pobre (dentre tantos outros best-sellers de finanças pessoais) diz:

“Você pode acreditar que o dinheiro é a raiz de todo o mal. Você provavelmente foi ensinado a trabalhar por dinheiro em vez de fazer o dinheiro trabalhar por você – e a não se preocupar com seu futuro financeiro porque uma empresa ou o governo cuidarão disso quando seus dias como trabalhador chegarem ao fim. Mas se seu plano é ficar rico, então está na hora de deixar esse pensamento tão arriscado para trás.”

Belo cutucão, não? E aí, preparado para deixar para trás tudo que acreditava até aqui e iniciar uma nova fase na sua vida?

Aprenda a Pensar Como os Ricos: Os 9 Pontos Cruciais para Chegar Lá

A seguir, cito os 9 pontos cruciais, segundo o autor, que você precisa levar em conta para começar a pensar como os ricos e investir na sua jornada rumo à riqueza. Vamos lá?

1. Identifique as razões que fazem você querer ser rico

Identifique as razões que fazem você querer ser rico

Se você perguntar para cem pessoas se elas querem ser ricas, provavelmente irá ouvir um alto “sim” da maioria.

Porém, se a pergunta for “por que você quer ser rico?”, as chances de ouvir os passarinhos cantando enquanto essas mesmas pessoas criam motivos mirabolantes em suas cabeças são grandes. E é justamente aí que mora o perigo!

Para se destacar em qualquer área da vida é importante ter como base um forte reason why. Ou seja, um motivo que torna o som do despertador às cinco da manhã “música para os ouvidos”.

Nesse sentido, Kiyosaki sugere que você faça uma lista com tudo o que realmente quer conquistar e outra com tudo aquilo que não quer nem pensar em ter que enfrentar.

Por exemplo: quero viajar o mundo e ter liberdade financeira para realizar todos os meus sonhos. Não quero trabalhar até o último dia de minha vida (almejo chegar tranquilo à aposentadoria aos 50 anos) e não quero morar em uma casa pequena no subúrbio de uma grande cidade.

Cole essas listas em diversos lugares por onde você passa diariamente e as utilize como fator de motivação. Esse é o primeiro passo para pensar como os ricos (e enriquecer).

2. Diariamente, escolha ser rico

Diariamente, escolha ser rico

Existe um ditado que diz que o futuro se constrói no presente. E eu não poderia concordar mais com ele. Especialmente quando o futuro a que ele se refere é o seu financeiro.

Mas que fique bem claro: para seu futuro financeiro ser positivo, não basta apenas economizar de vez em quando e investir quando sobra uns centavos no fim do mês.

É preciso pensar como os ricos e levar tudo isso muito a sério, planejar gastos e investimentos e, inclusive, trocar horas na frente da televisão por horas de capacitação.

Como diz Kiyosaki:

“o que você faz com seu tempo agora vai moldar o que você fará com seu tempo quando a aposentadoria chegar.”

E aí, quando você se aposentar, você vai estar correndo atrás dos seus objetivos ou vai estar sentado em casa preocupado com as contas médicas que o plano de saúde não cobriu?

3. Escolha seus amigos com cuidado

Escolha seus amigos com cuidadoRelembro aqui outro ditado para ilustrar essa ideia…

Você é a média das cinco pessoas com quem mais convive.

Analisando seu círculo de amizades atual, qual nota você se dá?

Entenda que, ao pensar como os ricos, você não precisa apenas se relacionar com pessoas que já são ricas e nem cortar pela raiz amizades com pessoas que ainda têm condições financeiras ruins.

O que deve é evitar pessoas negativas demais, acomodadas demais. Elas o levarão para baixo.

Para cima, você irá com os que estão sempre buscando oportunidades, com os que almejam dias melhores, e com os que batalham pelos seus objetivos.

4. Encontre “heróis financeiros” para copiar

Encontre “heróis financeiros” para copiar

Ao longo dos últimos meses, escrevi sobre vários de meus “heróis financeiros” aqui no blog.

Algumas das lições que aprendi com Warren Buffett, Charlie Munger, Seth Klarman, Philip Fisher e Walter Schloss, por exemplo, estão nos artigos que você lê clicando nos links dos nomes deles.

E te garanto: eu as levo em consideração em todas as minhas movimentações. Além disso, estou sempre de olho em novos nomes e buscando aprender com quem se destaca.

Se você está aprendendo a pensar como os ricos, me diga: E os seus “heróis”, quem são?

5. Pague bem os profissionais que forem apoiar sua jornada

Pague bem os profissionais que forem apoiar sua jornada

Kiyosaki conta que não consegue entender as pessoas que se orgulham em dizer que pagam pouco por serviços de corretoras de investimentos.

Na visão dele, que sempre viu o Pai Rico se orgulhar por pagar bem os profissionais que merecem, não faz sentido deixar seu dinheiro e seus investimentos nas mãos de quem quer seja se essa pessoa não for A MELHOR no que faz. E a melhor no que faz, claro, vai cobrar por isso.

O mesmo, segundo ele, se aplica a corretores de imóveis, advogados, contadores… enfim, a profissionais que, como destaca o autor, podem ser seus aliados e fazer a diferença nos seus resultados. Isto é pensar como os ricos.

“Quando você encontrar dificuldades em tirar seus planos do papel, eles estarão lá para proteger e auxiliar você a reencontrar o caminho”, afirma.

6. Domine uma fórmula e passe para a próxima

Domine uma fórmula e passe para a próxima

Robert Kiyosaki é categórico:

“No mundo de hoje, em que tudo muda tão rapidamente, o que você aprende não é tão importante quanto quão rápido você aprende.”

O que isso significa? Que agora que você já sabe que o trabalho dá dinheiro, está na hora de descobrir fórmulas ainda mais interessantes de gerar riqueza.

Depois de colocá-las em prática, vá atrás de outros caminhos, levando em conta sua meta de pensar como os ricos. E assim sucessivamente. A roda não para de girar – e você também não pode parar.

7. Pague você mesmo primeiro

Pague você mesmo primeiro

Para fugir do clichê neste tópico que sei que você já está careca de saber, deixo aqui o recado de Kiyosaki.

Ele divide o cenário em três partes: fear (medo), fact (fato) e freedom (liberdade).

Medo: “Eu não posso me pagar primeiro. Isso me deixaria sem dinheiro para o resto.”

Fato: Se você tem disciplina, você pode pagar a si mesmo sem arruinar o seu crédito. O segredo é manter seus gastos pessoais em um nível baixo. Se você estiver sob pressão de credores, a pressão pode estimulá-lo a encontrar novas formas de ganhar dinheiro.

Liberdade: Comece a pagar você mesmo primeiro hoje e desenvolva um hábito que construção de ativos que vai durar (e trazer recompensas) a vida toda.

Enfrente o medo, viva o fato e conquiste a liberdade!

8. Sempre ganhe algo de graça

Sempre ganhe algo de graça

 “Em cada um de seus investimentos, seja no aluguel de seu apartamento, em ações ou em qualquer outra modalidade, você sempre deveria ganhar algo de graça. Isso é inteligência financeira”, pontua Kiyosaki.

Para isso, ele sugere que antes de fazer um investimento, você sempre pergunte quanto tempo seu dinheiro ficará “amarrado” e o que você ganha em troca por aquele investimento. A porta estará aberta para você levar algo de graça e começar a pensar como os ricos .

9. Não gaste seu dinheiro com luxo

Não gaste seu dinheiro com luxo

A última dica de Kiyosaki para pensar como os ricos é ótima. Ele diz:

“use seu desejo de consumir não para comprar, mas para inspirar seu gênio financeiro a investir. Depois, quando você tiver uma boa carteira de ativos, você poderá usar os rendimentos para comprar tudo que sempre desejou. Dessa forma, em vez de escravo do dinheiro, você será o chefe dele.”

Que tal?

E aí, quais desses conselhos você já segue para pensar como os ricos e em quais precisa trabalhar melhor? Conte para mim e para os outros leitores do blog deixando um comentário. Às vezes, a melhor dica vem justamente ali.

Bons investimentos!

Crédito das imagens: www.shutterstock.com

Aprenda como ganhar de R$1mil a R$5mil por mês com dividendos, mesmo que tenha somente R$100 para começar.

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]