GuiaInvest
Descubra como administrar melhor o seu dinheiro!

Descubra como administrar melhor o seu dinheiro!

Se você sonha com um futuro tranquilo, é preciso melhorar o modo como lida com o seu dinheiro. Desconhecer os próprios gastos, gastar mais do que ganha e nunca investir o que sobra é a receita do fracasso financeiro. Essa derrocada nem demora muito para acontecer.

Por outro lado, a partir do momento em que você descobre como administrar o dinheiro da forma correta, o cenário se inverte. Com isso, o seu caminho rumo à liberdade financeira passa a ser iluminado. O jogo vira a seu favor!

Quer saber como chegar lá? Reserve um pouco do seu tempo e fique com a gente nas próximas linhas!

Faça uma organização detalhada dos gastos

Por mais básico que esse orçamento seja, o fato é que a maioria das pessoas tem preguiça de fazê-lo. Conhecer as origens e as saídas do dinheiro é o passo inicial de qualquer administração financeira. Afinal, esse monitoramento é essencial para que você consiga controlar os gastos.

A maneira escolhida para efetuar essa gestão das finanças dependerá de você. Mesmo que o controle seja feito com lápis e papel, não há problema. O importante é que ele seja eficaz.

Atualmente, é possível recorrer até a muitos aplicativos, desenvolvidos especificamente para tentar facilitar o processo. Se preferir, você pode usar uma simples planilha eletrônica. Não importa. O ponto crucial é compreender perfeitamente os dados contidos nela.

Essa compreensão envolve observação e análise. Para que ambas sejam realizadas da melhor maneira possível, é indispensável categorizar os gastos. Então, você deve separar os gastos das atividades de lazer dos valores direcionados às contas fixas (aluguel, mensalidade do carro, etc.).

Ao terminar essa organização mensal dos gastos, você terá uma dimensão muito mais ampla e detalhada das suas finanças. Pode até ser que apareçam algumas boas surpresas.

Exemplo: ao contrário do que imaginam, muitas pessoas descobrem que têm uma boa quantia para a realização de investimentos. Na verdade, fica evidente que, com organização e planejamento, sempre é possível investir o dinheiro de um jeito inteligente.

Aprenda a usar o cartão de crédito

O cartão de crédito facilita a vida de muitas pessoas todos os dias. Isso pode ser facilmente comprovado pela possibilidade de parcelar a compra de diversos produtos. Logo, o problema não é o cartão em si, mas a forma de usá-lo.

Antes de pensar em adotar o cartão de crédito, você deve confirmar se conseguirá quitar o débito na data de vencimento da fatura. A realização de compras a perder de vista provoca o inevitável rolamento da dívida. Como os juros do cartão são elevados, o saldo devedor tende a aumentar assustadoramente.

Se o cartão de crédito for utilizado apropriadamente, é possível até concentrar os gastos mensais em um único cartão. Isso exige pleno conhecimento da sua vida financeira, o que é obtido por meio de uma boa organização das finanças. Ela é crucial para evitar que o cartão de crédito se transforme em uma dor de cabeça interminável.

Além disso, também é importante se informar a respeito das vantagens proporcionadas pelo uso do cartão. Verifique qual é o programa de pontuação atrelado a ele, assim como a possibilidade de acumular milhas aéreas. Com todas essas medidas, você não só mantém o cartão em dia, como ainda é beneficiado de outras formas.

Lembre-se também de:

  • escolher a melhor data de vencimento da fatura;
  • selecionar um cartão de crédito que não cobre anuidade — existem várias opções no mercado;
  • avaliar a viabilidade de ter um segundo cartão, a fim de contar com mais uma data de vencimento.

Saiba como evitar o acúmulo de dívidas

O comprometimento de parte do dinheiro com alguma dívida é uma realidade. Isso acontece quando você parcela a compra de um automóvel ou de uma residência, por exemplo. Logo, é preciso ter isso em mente.

Os problemas se iniciam quando as dívidas passam a se acumular. Nessas circunstâncias, não é mais só uma parcela do seu dinheiro que ficará comprometida. Em vários casos, o comprometimento da renda é totalmente ultrapassado — e é aqui que mora o perigo!

Para não chegar a esse nível de descontrole, é preciso partir de um princípio básico: distinguir as necessidades dos desejos de consumo. Sempre que a sua mente pairar na segunda possibilidade, vale a pena refletir um pouco mais sobre a compra.

Essa reflexão simples é um dos mecanismos mais eficazes para diminuir ou evitar as compras impulsivas. Faça o teste durante um mês e perceba a diferença do saldo da sua conta após 30 dias. Ao adotar essa estratégia de consumo, o acúmulo se voltará para o seu saldo bancário. Imagine a quantidade de dinheiro que pode ser economizada ao longo de meses e anos!

Lembra-se da categorização dos seus gastos mensais? Aproveite o momento para também estabelecer limites de gastos para cada uma delas. Desse modo, você amplia ainda mais o poder de administrar o dinheiro que recebe. Consequentemente, a probabilidade de se contrair uma dívida impagável ficará ainda mais distante da sua vida financeira.

Invista o que sobrar do orçamento para conquistar a sua liberdade financeira

Se você seguir as recomendações mencionadas ao longo deste artigo, certamente terá dinheiro para investir. O investimento é, de fato, vital para maximizar a sua renda e garantir um futuro financeiro estável. Resta saber como fazer, certo?

Inicialmente, é conveniente alocar os recursos em produtos de renda fixa. Você vai dar os primeiros passos. Conforme for se habituando, terá conhecimento e confiança para diversificar a sua carteira de investimentos. Nesse momento, já é recomendável injetar o dinheiro em outras aplicações, como:

  • CDB (certificado de depósito bancário);
  • LCI (letra de crédito imobiliário);
  • LCA (letra de crédito do agronegócio).

Perceba que o processo é gradativo. Mais à frente, você pode usar parte dos lucros obtidos anteriormente e reinvestir no mercado de renda variável. A compra e venda de ações é um ótimo exemplo.

O aspecto mais relevante de todo esse processo é um só: saber exatamente para onde os seus recursos estão sendo direcionados. Ao conhecer as diferenças entre cada modalidade de investimento, você aprenderá como se deve administrar o dinheiro e fazê-lo render ao máximo. Ao longo dos anos, você criará um patrimônio financeiro capaz de proporcionar a vida confortável com a qual sempre sonhou!

Agora que você está pronto para buscar a liberdade financeira, está na hora de aprender a multiplicar a sua renda no mercado de ações!

Mauricio Baltazar

[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]