GuiaInvest

A grande descoberta

Se você busca alcançar uma vida mais plena e feliz através da educação financeira, você precisa conhecer essa filosofia de investimento.

Ela foi a responsável por transformar a vida de milhares de pessoas ao redor mundo, incluindo a minha.

E pode fazer o mesmo por você e sua família, se esse for seu desejo.

Nas linhas a seguir conto em detalhes como foi essa grande descoberta.

Ela esclarece a origem do GuiaInvest e como ele pode ajudar você a investir melhor seu dinheiro.

O ano era 2004.

Nessa época eu vivia uma rotina bem pesada. Acordava às 6h10 e chegava de volta em casa depois das 10h da noite.

Foi um período que eu andava bem ansioso, porque alguma coisa na minha vida parecia não estar certa.

A verdade é que eu não estava conformado em trabalhar uma vida inteira só por trabalhar e viver os meus sonhos após a aposentadoria.

Aceitar esta ideia como modelo de vida me angustiava.

E nesse ano eu descobri um livro que transformou minha vida pra sempre, já que foi a semente para uma grande mudança de mentalidade que estava por vir.

O livro “Independência Financeira”, do Robert Kiyosaki, mesmo autor do Pai Rico, Pai Pobre.

De acordo com o autor, ao longo da vida, as pessoas podem gerar renda de 4 formas. Como empregado, autônomo, empresário ou investidor.

O empregado é aquele que troca seu tempo por dinheiro.

O autônomo também troca seu tempo por dinheiro. A diferença é que ele trabalha para si mesmo.

O empresário é o dono do sistema e tem pessoas que trabalham para ele. A sua renda está diretamente relacionado à sua capacidade de administrar o seu negócio.

O investidor tem o dinheiro para trabalhar para ele. A sua renda está atrelada a sua capacidade de fazer bons investimentos.

O mais perturbador disso tudo foi perceber as consequências do sucesso para cada lado dos quadrantes.

Para quem está do lado esquerdo, empregado e autônomo, quanto mais bem sucedido, mais dinheiro, porém menos tempo para você e sua família.

Entretanto, para quem está do lado direito, empresário e investidor, quanto mais bem sucedido, mais dinheiro e mais tempo livre para você fazer o que quiser.

A pergunta que diferencia o lado esquerdo do lado direito do quadrante é: se eu decidir não trabalhar por 1 mês, minha renda continuará entrando?

Para os quadrantes do lado esquerdo a resposta é: NÃO. Já para o lado direito a resposta é: SIM.

E foi nesse momento que ficou evidente para mim que se eu quisesse um dia alcançar maior liberdade financeira e mais qualidade de vida, eu teria que pular para o lado direito dos quadrantes.

Não que isso fosse garantia de sucesso financeiro, mas você deve concordar que as chances são muito maiores.

Seja empresário ou investidor… ou por que não os dois ao mesmo tempo?

Sem falar que ser investidor era a opção mais acessível de todas.

Essa ideia ficou plantada na minha mente…

E eu enxerguei com clareza que a melhor parte é que não importa em qual quadrante você está hoje, você também pode estar no quadrante do investidor.

Este é o quadrante mais fácil de estar.

Apesar de toda empolgação, teve um dia que fui surpreendido com uma notícia bastante desagradável.

A notícia que meu pai havia sido demitido.

O pior é que faltavam apenas 3 anos para ele se aposentar. Não era justo uma pessoa que trabalhou a vida inteira ficar desamparada logo agora.

E toda a minha família dependia financeiramente dele. Morávamos 5 pessoas na mesma casa. Eu, meus 2 irmãos e a minha mãe que era dona de casa.

Isso serviu para eu decidir sair da minha zona de conforto!

Algum tempo depois, meu pai recebeu o dinheiro de uma herança.

O valor não era grande o suficiente para que a nossa família não precisasse mais se preocupar com dinheiro, porém serviu para eu dar o primeiro passo do caminho que eu percorro até hoje.

Uma parte do dinheiro da herança, o meu pai distribuiu entre os meus irmãos e eu. E eu sugeri que criássemos um Clube de Investimentos da família.

Começamos o clube em 2005, e no início não tivemos resultados significantes. Caí no erro mais clássico que todo investidor iniciante comete: confundi especulação com investimento.

Dei atenção para dicas de analistas e perdi dinheiro. Foi aí que eu vi que a Bolsa de Valores não poderia ser encarada como um cassino.

Precisava aprender a fazer direito.

Por isso eu fui atrás de pessoas nas quais eu pudesse me espelhar, que eu pudesse usar como referência.

Até que eu cheguei ao nome de Warren Buffett, como um dos investidores mais bem sucedidos da história.

E pesquisando sobre a vida dele, descobri que seu método de investimento era baseada nos ensinamentos de Benjamim Graham, que havia sido seu professor na universidade de Columbia.

Graham tinha desenvolvido um método inteligente, eficiente e sensato de seleção de ações.

E para minha surpresa, também descobri que muitos dos grandes investidores da história usavam o mesmo método de investimento, conhecido por Value Investing ou investimento em valor.

E mais…

Essa metodologia vinha sendo usada há mais de 80 anos gerando resultados consistentes ao longo de todo esse tempo.

Mas o que mais me surpreendeu foi que ela é tão simples que qualquer pessoa pode aprender, qualquer um como você e eu.

Naquela época, 2005, era bem difícil conseguir os dados necessários para aplicação do método.

Hoje não mudou muito.

Basicamente, o que eu procurava eram os indicadores fundamentalistas para devida seleção e avaliação das ações.

O fato é que os sistemas que ofereciam esses indicadores eram muito caros e seria inviável para um clube familiar ter que pagar por elas.

Em resumo: ou pegávamos uma montanha de dinheiro em ferramentas caras ou gastamos nosso tempo coletando manualmente, de forma extremamente trabalhosa, os dados e informações em jornais e sites.

Mas foi a partir dessa necessidade que surgiu uma ideia promissora. Já que não existia uma solução acessível no mercado, eu poderia criar essa solução.

Meu irmão já tinha experiência em desenvolvimento de ferramentas web. Foi então que pensamos em juntar a minha experiência na área de investimentos com o expertise dele para criarmos uma solução que resolvesse esse problema.

E acabamos criando um sistema automatizado de seleção e análise de ações que nos ajudou a fazer a gestão do clube, porque agora a gente tinha informação confiável para analisar as melhores oportunidades.

Esse sistema nos deixou muito mais seguro para selecionar as melhores ações do mercado. Era a semente do que hoje é o GuiaInvest.

E sabe o que aconteceu quando a gente começou a investir desse jeito?

Em 6 anos triplicamos o dinheiro investido no clube de investimentos.

Quando o meu pai mais precisou de mim, além de conseguir ajudá-lo a driblar o desemprego por meio dos investimentos.

E eu descobri o que eu queria fazer da minha vida.

Levar esse método para o máximo de pessoas possíveis.

Naquele momento eu decidi que eu queria que as pessoas pudessem descobrir que investir bem o dinheiro transforma vidas.

E eu afirmo isso com tanta convicção porque foi exatamente o que aconteceu comigo. Foi isso que possibilitou que eu pedisse demissão e abrisse o meu próprio negócio, que é o GuiaInvest.

Nossa meta era propagar esse jeito simples e rentável de lidar com investimentos na Bolsa de Valores.

O início não foi fácil mas o resultado veio. Hoje o GuiaInvest é uma plataforma digital de investidores que conta com mais de 321 mil membros cadastrados.

Foram mais de 19 milhões de pessoas que visitaram o GuiaInvest ao longo de todo esse tempo.

A boa notícia é que o meu sonho de levar educação financeira de qualidade ao máximo de pessoas possíveis está dando certo.

E ao decorrer desses quase 11 anos de GuiaInvest eu descobri outra coisa que mudou o rumo da minha jornada.

O que estava possibilitando que eu realizasse os meus sonhos não era somente investir bem o meu dinheiro.

Era algo muito maior…

Eu me dei conta disso em 2016 porque foi o ano em que eu virei pai. Agora eu precisava garantir a segurança da minha família.

Enxerguei que o que eu acreditava sobre investir bem o dinheiro e sobre educação financeira, na realidade era uma filosofia de vida.

Eu seguia a filosofia dos investidores de sucesso adaptada a nossa realidade de investidor comum.

Quando eu digo investidor comum, eu me refiro a pessoas como você, como eu, que não possuem grandes fortunas para investir, e não possuem como profissão ser investidor.

Só que a filosofia que eu acredito não está baseada em abrir mão de ter uma vida confortável hoje.

Aquele método que eu citei no início, cresceu e virou algo muito maior. E mais simples.

Hoje eu enxergo que tudo o que aconteceu ao longo do caminho foi essencial para eu ter conquistado o que eu conquistei até aqui.

Tudo isso está me levando ao destino final: a verdadeira Liberdade Financeira.

Se você também deseja conquistar uma vida cada dia mais plena e feliz, estou aqui para ajudar você nessa jornada.

Essa é a minha missão e o meu compromisso com você.

Um abraço,
André Fogaça

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

[Palestra Online e Gratuita]
[Palestra Online e Gratuita]