GuiaInvest

3 dicas para investir o seu 13º Salário

O 13º salário está aí, você já sabe o que fazer com esse dinheiro? Pagar dívidas, reservar uma parte para os gastos do início do ano, começar a investir. Descubra o que fazer com esse dinheiro extra para que ele possa render mais.

Fim de ano: época de festividades e de 13º salário para muita gente. Você já sabe o que vai fazer com esse dinheiro extra?

Essa é, tradicionalmente, uma época de planejamento e objetivos para o próximo ano e, contraditoriamente, uma época que favorece o consumo e o uso desregulado do dinheiro.

Por isso, antes que você nem veja a cor do seu 13º salário, é essencial organizar suas finanças.

Em geral, existem 2 cenários mais comuns para uso do 13° salário. O primeiro é para quitar dívidas atrasadas.

Se você está no vermelho (espero que não seja seu caso), vale, sim, destinar uma parte do décimo terceiro para pagar as dívidas, principalmente por causa das taxas de juros exorbitantes do rotativo do cartão e cheques especiais.

Também é válido separar um pouco para as despesas do início do ano, como IPTU, IPVA, matrícula e material escolar.

O segundo cenário é colocar parte do 13º na poupança. O que é uma péssima ideia! Existem outros investimentos tão são seguros e simples como a poupança e que rendem muito mais.

Mas então, onde é melhor investir o 13º salário? O melhor é investir em 3 “potes”, que podem lhe trazer segurança e renda passiva.

Vamos explicar…

13º salário: onde é melhor investir? - GuiaInvest

Um para criar sua reserva de emergência, outro que gere uma renda extra mensal e outro pensando na sua Liberdade Financeira, para que você possa realizar algo maior futuramente.

Pote 1: o pote da reserva de emergência

Você nunca sabe quando irá precisar de um dinheiro extra para alguma emergência. Se precisar, o ideal é que o possa ser resgatado a qualquer momento e sem perder dinheiro.

Por isso, no pote 1 a melhor opção seria o investimento no Tesouro Direto.

O Tesouro Direto sempre valerá a pena. Os títulos públicos são seguros e apresentam boa rentabilidade quando comparados com as outras aplicações financeiras de renda fixa existentes no mercado, como CDBs, LCIs.

De forma bem simples, o Tesouro Direto funciona como se fosse um empréstimo para o Governo Federal que te paga com juros.

Existem três tipos diferentes de títulos públicos:

Tesouro Prefixado: onde o investidor, no momento da compra, saberá exatamente quanto seu capital renderá.

Tesouro Selic: título pós-fixado. O retorno está ligado diretamente à Selic, a taxa básica de juros da economia brasileira.

Tesouro IPCA+: título híbrido. Mescla uma taxa de rentabilidade é prefixada + o IPCA, índice oficial que mede a inflação no país. Esse título é o mais popular, pois, como segue as movimentações da inflação, ele protege o seu capital de possíveis crises.

Dentre as vantagens, de você destinar uma parte do seu 13º salário para investir no Tesouro Direto, está a liquidez diária dos ativos e a segurança no investimento – o que é ótimo para uma reserva de emergência.

A partir de R$ 30 já dá para começar a investir.

Pote 2: o pote da renda extra

Que tal receber aluguel sem ter um imóvel? Destine uma parte do seu 13º para investir em Fundos Imobiliários e tenha uma renda extra mensalmente.

Os Fundos Imobiliários permitem que você invista no mercado imobiliário sem grandes investimentos iniciais. Nele você adquire ativos de grandes estabelecimentos comerciais, como shoppings, hotéis, prédios e recebe uma remuneração mensal.

E o melhor, os fundos de investimentos imobiliários não têm Imposto de Renda sobre o lucro obtido.

É um excelente tipo de investimento para o curto ou médio prazo e você pode começar com 20 reais.

Pote 3: o pote da Liberdade Financeira

O pote 3 é o destinado a alcançar seus sonhos, à sua Liberdade Financeira.

Por isso também, está ligado a investimentos de longo prazo e com rendimentos melhores: as ações.

Diferente do que muitas pessoas pensam, para investir na Bolsa de Valores não precisa ter muito dinheiro, nem percorrer um caminho arriscado.

Claro, que como em qualquer investimento de renda variável existem riscos, por isso é preciso investir com cautela, buscar informações e conhecimento sobre o mercado.

Porém, existem muitas ações de boas empresas que pagam bons dividendos. São empresas sólidas que dividem seus lucros com os acionistas.

Investir em ações é a chave para alcançar a Liberdade Financeira, e nós, do GuiaInvest, queremos ver seu dinheiro multiplicando.

Conheça o Protocolo Alpha-6 e sua capacidade de multiplicar o seu patrimônio em até 1000x.

Equipe GuiaInvest

Nossa missão é ajudar as pessoas a poupar, administrar e investir seu dinheiro de maneira inteligente para que conquistem a liberdade financeira.

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora
E-book: O Plano Definitivo para Conquistar sua Liberdade Financeira
[Semana da Regra nº]
[Semana da Regra nº]