Blog do GuiaInvest
verdades que as corretoras não querem que você saiba

5 Verdades Chocantes Que Sua Corretora Não Quer Que Você Saiba

Você confia seriamente no seu corretor ou assessor de investimentos? Você está pronto para ouvir algumas verdades cruéis? Então leia agora mesmo esse artigo e conheça 5 verdades chocantes sobre investir em ações que seus corretores não querem que você saiba.

Como anda a sua relação com a corretora? Você sabia que existem 5 verdades chocantes que seu corretor não quer que você saiba? Pois vou te contar quais são elas.

Você confia seriamente no seu corretor ou assessor de investimentos?

Então conte aqui no que ele investe. Como assim você nunca teve essa conversa com ele?

Pois já deveria ter tido! Seu corretor certamente sabe coisas das quais você não sabe — afinal, ele é pago exatamente para e por isso — e talvez não conte tudo o que você deveria saber pela simples razão de você nunca ter perguntado.

Já refletiu sobre isso?

Talvez você ainda não tenha um corretor ou assessor de investimentos, mas gerente de banco você tem e talvez até já tenha usado o home broker da instituição. Assim, todas essas mesmas dúvidas valem tanto para o seu gerente de banco quanto para a sua corretora de valores.

Você está pronto para ouvir algumas verdades cruéis?

Então confira agora mesmo, antes que seja tarde demais, nesse breve artigo e conheça 5 verdades chocantes sobre investir em ações que seus corretores não querem que você saiba:

#1 – A corretora pode ganhar dinheiro mesmo se você perder

a corretora sempre ganha dinheiro

Já falamos aqui sobre o “lobo” de Wall Street, você se lembra?

Então se recorda também que,  por mais que sua corretora conte com colaboradores bons e honestos, isso não elimina o fato de que ela ganha uma taxa com cada transação, independentemente se o investidor em si também ganha.

É como o personagem de Leonardo DiCaprio ensina no filme: enquanto os investidores fazem apostas arriscadas, são os corretores que realmente ganham dinheiro com cada transação.

Por isso, fique atento!

O interesse deles pode ser de recomendar uma maior frequência nas transações, enquanto não é isso que necessariamente vai render mais dinheiro para você.

#2 – A corretora pode recomendar o que rende mais (para ela)

a corretora pode recomendar o que rende mais para ela

Imagine dois investimentos, A e B. Um é o melhor para você e seu perfil, enquanto o outro é pior, mas renderá uma maior porcentagem para a corretora.

Lembrando que ela não tem absolutamente nenhuma obrigação legal de recomendar o investimento A por ser melhor para você, pode perfeitamente tentar empurrar o B para coletar sua comissão.

#3 – A corretora pode sugerir investimentos arriscados ou de pouca liquidez

investimentos arriscados

Você se lembra do tripé fundamental dos investimentos? Pois é, sua corretora se lembra, todo santo dia, mas não precisa lembrar você!

Se você está atraído pela rentabilidade de um investimento arriscado e se essa aquisição for interessante para a corretora, ela não precisa avisá-lo.

Corretoras podem ter associações ou interesses com certas empresas, clubes de investimento e fundos, por exemplo. E é por isso que podem oferecer produtos sem liquidez ou muito mais arriscados do que o seu perfil de investidor pode tolerar.

#4 – A taxa de corretagem pode consumir boa parte dos seus lucros

taxa de corretagem

Se você é um pequeno investidor, transações frequentes vão engolir boa parte dos seus já magros lucros — e não se esqueça que ainda tem o Imposto de Renda!

Esse é um dos erros mais comuns que os investidor cometem.

Mexer demais pode ser emocionante. Pelo menos é como parecem fazer os corretores dos filmes, não é mesmo? Cada vez que o dólar sobe ou as ações das grandes empresas descem, é aquela adrenalina.

Mas será que é assim que você vai conseguir ganhar dinheiro? Pode ser melhor deixar seus investimentos lá por vários meses ou até muitos anos do que viver na corda bamba, não acha?

#5 – As corretoras não contratam videntes

corretoras não contratam videntes

Se as corretoras e seus profissionais entendessem tanto de ganhar dinheiro, então por que ainda trabalham nos escritórios e cuidam de investimentos de peixes pequenos como você e eu?

A verdade é que, embora acumulem experiência e traquejo, os profissionais das corretoras não tem bola de cristal.

Viu como é importante se interessar, ficar atento e fazer as perguntas certas? Não seja passado para trás por pura falta de conhecimento, mude já sua atitude e garanta uma dose de honestidade e transparência na relação com sua corretora!

O que mais você acha que as corretoras não querem que você saiba?

Deixe um comentário abaixo! Adoraria saber sua opinião sobre esse tema.

Até o próximo artigo. Um abraço!

(crédito das imagens: shutterstock.com)

Aprenda como ganhar de R$1mil a R$5mil por mês com dividendos, mesmo que tenha somente R$100 para começar.

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora