Blog do GuiaInvest

Esqueça a Previdência Privada de Uma Vez Por Todas

Você já caiu nessa pegadinha chamada Previdência Privada?

Há muitos rumores sobre ela atualmente. De fato, o assunto é muito recorrente.

Você precisa estar bem informado para conseguir diferenciar e identificar uma verdadeira oportunidade ou mais um golpe de mercado.

Deixa eu explicar melhor…

O que acontece é que com as possíveis mudanças na Previdência Social, a Previdência Privada se tornou a oferta favorita dos gerentes de banco, das seguradoras e das corretoras.

O nome “Previdência Privada” soa como algo mágico quando lembramos que provavelmente não conseguiremos nos aposentar dignamente pelo INSS.

No entanto, definitivamente não é o mar de rosas que parece.

Se aproveitando dessa situação frágil da vida das pessoas, o seu gerente do banco ou o cara lá da corretora já devem ter comentado com você sobre os fundos de previdência privada, não?

É, eles não perdem tempo!

Acredite: os planos de Previdência Privada vão impedir a sua aposentadoria tranquila!

Você vai entender direitinho o porquê à medida que for lendo este texto.

É por essas e outras que sempre defendi que as pessoas invistam por conta própria. É a única maneira dos seus interesses estarem verdadeiramente em primeiro lugar.

Você mesmo deve fazer a sua previdência, o seu próprio Plano de Aposentadoria Independente, onde você mesmo escolhe onde vai investir.

Se você ainda não acredita que a Previdência Privada é um péssimo negócio, eu te listo aqui 3 grandes desvantagens de fazer uma:

Desvantagem #1 – Altos Custos

Altos Custos da Previdência Privada

O seu gerente do banco talvez não diga para você, mas um plano de previdência privada possui diversos custos com nomes complicados.

Isso não fica claro no momento do contrato porque querem que pareça muito mais atrativo do que realmente é.

Esses custos fazem que tais planos sejam um ótimo negócio para o banco. Não pra você.

Vou comentar sobre alguns deles:

• Taxa de Administração: é o custo de você deixar o seu dinheiro sendo cuidado pelo banco. Há fundos que cobram taxas de administração de 3% ao ano sobre todo o valor depositado. Só esse custo já retira uma quantia enorme da sua rentabilidade.

Veja o exemplo abaixo.

Fonte: Bradesco

• Taxa de Carregamento: é a taxa que o banco cobra para cada depósito mensal que você fizer no seu fundo de previdência. Digamos que todo mês você deposite R$ 100 para o banco. Ele cobrará de você uma taxa, que pode chegar a 10% do depósito. Ou seja, você deixa R$ 10 com o banco e os outros R$ 90 vão para a sua previdência.

• Taxa de Saída: é um valor que o banco cobra para você resgatar tudo o que depositou caso desista do plano. É absurdo, mas infelizmente é verdade…

Na imagem abaixo você confere essas duas taxas.

Fonte: Bradesco

• Imposto de Renda (IR): ao contrário das aplicações comuns que o IR vai de 22,5% a 15% ao ano sobre os rendimentos, alguns planos de previdência cobram 35%.

Nem queira calcular quanto dinheiro o banco ganha e você perde dessa forma no longo prazo, pode deixar você muito revoltado.

E não para por aí…

Além de tudo isso, o regime de tributação desse investimento é extremamente complexo, como você confere na imagem abaixo, o que acaba confundindo muita gente.

Fonte: Santander

Como você pode ver, os custos são altos, o investimento é confuso, e mesmo assim ainda há muita gente desinformada investindo desta forma.

Fonte: R7

Vamos ao próximo ponto.

Desvantagem #2 – Eles investem em títulos que você mesmo pode investir

Você mesmo pode investir onde os fundos de Previdência Privada investem

O que você acha que a previdência privada poderia ter de tão especial?

Os fundos de previdência não possuem nada fora do seu alcance.

A maioria deles contém títulos públicos e ações e não necessariamente são os títulos ou as ações que melhor atendem ao seu objetivo.

Investir em ações e títulos públicos é ótimo! Mas faça você mesmo e não divida sua rentabilidade com intermediários.

É a única maneira que você poderá ganhar dinheiro para garantir a sua Aposentadoria Independente.

Desvantagem #3 – Os Fundos de Previdência Privada têm um rendimento baixo

Previdência Privada possui rendimento baixo

Levando em conta todos os custos que os Fundos de Previdência Privada possuem, a rentabilidade acaba sendo muito insatisfatória.

Alguns fundos têm rendimento abaixo até da Caderneta de Poupança, acredite!

Outros mal cobrem a inflação.

O pior de tudo é que, como você viu acima, tem muita gente por aí que está feliz e tranquila porque agora fez um plano de Previdência Privada…

Agora você já sabe que essa felicidade acima é totalmente em vão e ingênua.

Um estudo recente mostrou que somente 3 dos 78 planos de previdência dos maiores bancos privados e seguradoras do país tiveram rendimento acima da poupança!

Nenhum desses planos superou o rendimento do Tesouro Selic  o título público mais seguro de todos.

E tende a piorar.

Fonte: Estadão

Esse é o custo da falta de educação financeira. Quanto mais perdemos, mais o sistema ganha.

Pode ser uma verdade dura, mas você não deve se culpar por isso no momento.

O sistema é construído para que este conflito de interesses ocorra frequentemente.

Os bancos, as seguradoras, as corretoras e o governo querem que você seja dependente deles, pois eles só têm a lucrar com a sua falta de informação.

O segredo é se educar, ler e aprender mais.

Só quando você assume essa responsabilidade para si é que os verdadeiros resultados aparecem.

Como desarmar essa bomba?

Você deve ter entendido que a Previdência Privada é um ótimo negócio… para o banco, para a corretora, para seguradora!

Definitivamente, NÃO vai ser ela que levará você à sonhada Liberdade Financeira, nem mesmo garantir a sua Aposentadoria Independente.

Eu insisto: a melhor previdência que você pode ter é construída por você mesmo!

Pensando nisso, eu preparei um treinamento novo onde revelo 3 simples passos para você conquistar uma aposentadoria de, nada mais nada menos, que R$ 11.703,32.

Nesse treinamento ONLINE e GRATUITO você vai ver:

  • Que depender do INSS ou de uma Previdência Privada vai arruinar a sua vida financeira;
  • Que você pode ter o padrão de vida dos seus sonhos sem ser um especialista das finanças;
  • Que você não precisa já ter começado a economizar para chegar à Liberdade Financeira.

Veja o que o Thiago, cliente meu aqui no GuiaInvest, comentou na rede social depois de assistir a este conteúdo…

[EU TAMBÉM QUERO A MINHA APOSENTADORIA SEM DEPENDER DO INSS OU DA PREVIDÊNCIA PRIVADA]

As vagas são limitadas, portanto clique agora mesmo e escolha o melhor horário pra você.

Um abraço e bons investimentos!

Crédito das imagens: www.shutterstock.com

Martin Kirsten

Mestre em Economia do GI. Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Já trabalhou no mercado financeiro e Assina a newsletter Recado do Economista aqui no GI. É um amante de café e de uma boa culinária.

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora