Blog do GuiaInvest
o guru de investimentos Philip Fisher

Conheça Philip Fisher, o Guru Responsável por 15% da Filosofia de Investimento de Warren Buffett

Philip Fisher teve um profundo impacto no value investing por sempre manter o foco no longo prazo e investir baseado em fundamentos. Warren Buffett sempre se declarou um grande fã da visão de Fisher, inclusive dizendo que sua estratégia de investimento é 85% baseada em Benjamin Graham e 15% em Phil Fisher.

Uma frase de Philip Fisher (1907-2004), considerado por muitos como o pai do growth investing (investimento em crescimento), ilustra o começo do artigo de hoje:

O mercado de ações está repleto de indivíduos que sabem o preço de tudo, mas não conhecem o valor da nada.

Ele é autor de três livros clássicos, gestor de fundos private equity, mentor de grandes executivos e foi professor da Stanford Business School.

Já falei um pouco sobre growth investing neste artigo sobre Peter Lynch.

Philip Fisher não era um investidor em valor como Walter Schloss, Irving Kahn, Seth Klarman, Charlie Munger, que já foram apresentados aqui no blog anteriormente, mas teve um profundo impacto no value investing por sempre manter o foco no longo prazo e investir baseado em fundamentos.

Não seria errado dizer que sua filosofia equilibra-se entre o growth e o value investing

Warren Buffett, aliás, sempre se declarou um grande fã da visão de Philip Fisher, inclusive dizendo que sua estratégia de investimento é 85% baseada em Benjamin Graham e 15% em Phil Fisher.

Na prática: Buffett adquiriu suas técnicas quantitativas de encontrar ações baratas a partir dos pensamentos de Graham e os métodos qualitativos de encontrar bons negócios com Philip Fisher.

Um dos maiores legados do investidor que apresento hoje é uma polêmica tese de que um preço por lucro (P/L) alto nem sempre deve ser um fator para você desistir de um potencial investimento.

“Pelo contrário!”, defendia. Ao decorrer do artigo você vai entender a razão para tal argumento.

Pontos fundamentais a avaliar em uma empresa, segundo Philip Fisher

Pontos fundamentais a avaliar em uma empresa, segundo Philip Fisher

Em seu livro Common Stocks and Uncommon Profits, traduzido no Brasil como Ações comuns, lucros extraordinários, Philip Fisher recomenda que você analise os seguintes pontos a respeito de uma empresa em que pretende investir:

  • Qual é o potencial de crescimento das vendas da empresa no longo prazo?
  • Qual é o nível de competência, grau de inovação e visão dos gestores?
  • Como a empresa lida com pesquisa e desenvolvimento?
  • Ela tem sólidas margens de lucro?

As respostas para essas perguntas mostram o caminho para encontrar ações de empresas em crescimento para investir no longo prazo.

Essas reflexões são preciosas porque o livro, publicado em 1958, foi a primeira obra sobre investimentos a entrar na lista de best sellers do jornal The New York Times. Recomendo fortemente que o leia na íntegra. Você vai aprender muito!

A investigação é a chave para o investimento de sucesso

A investigação é a chave para o investimento de sucesso, segundo Philip Fisher

Philip Fisher diz no livro que:

Se o trabalho tiver sido feito corretamente, quando uma ação comum é comprada é muito improvável que você tenha que vendê-la.

Mas para acertar nas decisões é preciso ir além do básico. Para começar, atente-se a estes cinco pontos:

1. Saiba que uma simples análise dos balanços financeiros não basta (por mais profunda que seja)

Investigar os stakeholders internos e externos da empresa para ter uma perspectiva mais ampla do negócio é fundamental. Conversar com clientes, concorrentes, ex-funcionários e fornecedores, além dos gestores, é o caminho para desenvolver essa investigação.

2. Avalie se a empresa está deliberadamente e consistentemente criando novas fontes de ganhar poder e se a indústria da qual ela faz parte apresenta grande potencial de crescimento no futuro

Você já fez ou costuma fazer isso quando está em processo de avaliar sua próxima compra? É somente a partir de um estudo completo que você conseguirá entender se a empresa é capaz de realizar seu potencial de crescimento.  

3. Entenda que um P/L alto hoje pode ser um indicador positivo para o futuro

Lembra quando comentei no início do artigo sobre não se importar muito com um elevado P/L?

Quando você faz sua lição de casa a partir da investigação proposta por Philip Fisher, é extremamente provável que o P/L esteja muito acima do que está hoje em um horizonte de cinco ou dez anos.

É por isso que algumas ações que a princípio parecem caras são, na verdade, grandes barganhas. Mas, por favor, tenha cuidado! Não utilize apenas o critério de “P/L alto” como um sinal para comprar.

Considerar tudo o que está nesse artigo (além do conteúdo do livro de Philip Fisher e de tudo que você vem estudando ao longo dos anos) é primordial para garantir bons investimentos.

4. Não se importe tanto com os centavos

Na mesma esteira, outra dica importante que promete causar calafrios aos adeptos da análise técnica diz para você não se importar com os centavos.

Se os centavos importam tanto, sua análise está errada. Se você compra uma ação a 10 reais ou 10,50 e você acredita que ela irá valer muito mais do que isso no futuro, os 50 centavos realmente importam em uma visão de longo prazo?

Fica a reflexão.

5. Não compre empresas marqueteiras

Por fim, mas não menos importante, lembre que muitas empresas são muito melhores se promovendo para investidores do que fazendo o que deveriam fazer.

Tome cuidado com empresas que prometem muito e entregam pouco. De novo, não condicione sua decisão de investimento apenas por ter lido um aparentemente brilhante relatório anual.

Qual é a principal lição que fica para você?

Qual é a principal lição de Philip Fisher que fica para você?

Philip Fisher deixou um legado riquíssimo a nós investidores. Neste breve artigo procurei resumir alguns de seus principais ensinamentos, mas, novamente, reforço o convite para que você se aprofunde lendo os livros que ele escreveu.

Se Warren Buffett diz ser “15% Philip Fisher”, nada mais justo que você também siga seus passos, não?

Deixe seu comentário com a grande lição que tirou desse artigo. Isso me ajuda muito a pensar em novos temas para escrever.

Bônus!

Checklist da estratégia de Phil Fisher para escolher ações

No livro Ações comuns, lucros extraordinários, Philip Fisher apresenta alguns questionamentos que sempre orientaram sua estratégia para escolher ações. Achei importante resumi-los aqui para você ter mais motivos para ler o livro. Use os questionamentos como uma espécie de checklist para orientar sua decisão sobre em que empresas investir. Vamos lá?

  1. A empresa tem produtos ou serviços com potencial para gerar um forte crescimento nas vendas por vários anos?
  2. A gestão tem o foco em continuar a desenvolver produtos ou processos que continuarão a aumentar o potencial de vendas quando o potencial atual já tiver sido alcançado?
  3. Quão efetivo é a o esforço da empresa em pesquisa e desenvolvimento em relação ao seu tamanho?
  4. A empresa tem uma departamento de vendas acima da média?
  5. A empresa tem uma margem de lucro considerável?
  6. O que a empresa está fazendo para manter ou aumentar sua margem de lucro?
  7. Os funcionários são apaixonados por trabalhar na empresa?
  8. Quão bem a empresa lida com a análise de custos e controles contábeis?
  9. A gestão fala livremente com investidores quando as coisas vão bem, mas se cala quando o cenário está atribulado? Cuidado! Para se proteger quanto a isso, prefira empresas inseridas no Novo Mercado.
  10. A gestão da empresa tem integridade inquestionável?

P.S: Agradeço ao leitor Paulo Ricardo Santos Souza por ter sugerido que eu escrevesse sobre Philip Fisher.

Se você gostou deste artigo, vai adorar o Ebook “Aprenda com a Sabedoria dos 10 Maiores Investidores do Mundo”.  Clique aqui para baixar grátis!

Bons investimentos!

Crédito das imagens: www.shutterstock.com

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora