Blog do GuiaInvest
grandes investidores

O Que Existe Em Comum Entre Fazendeiros, Maratonistas e Grandes Investidores Em Valor?

Investidores em valor são como fazendeiros. Plantam sementes e esperam que elas cresçam e se desenvolvam. Se o processo demora um pouco mais em razão do mau tempo não acabam com a safra para plantar algo diferente. Eles sentam e esperam pacientemente o momento da colheita. A frase é de Chris Browne, autor do livro The Little Book of Value Investing, e é sobre a obra dele que vou falar neste artigo.

Grandes investidores em valor, maratonistas e fazendeiros tem características em comum. E dentre elas, existe uma em especial que você precisa cultivar.

Grandes investidores em valor são como fazendeiros. Plantam sementes e esperam que elas cresçam e se desenvolvam. Se o processo demora um pouco mais em razão do mau tempo não acabam com a safra para plantar algo diferente. Eles sentam e esperam pacientemente o momento da colheita.

A frase é de Chris Browne, autor do livro The Little Book of Value Investing, que em tradução livre seria O pequeno livro do investimento em valor.

Infelizmente, a obra não foi lançada no Brasil e, ainda pior, Browne nos deixou em 2009. No entanto, seu legado permanece e é fonte de aprendizado a muitos que desejam se aperfeiçoar na arte de comprar excelentes empresas com desconto.

Browne é, inclusive, um dos superinvestidores de Graham-and-Doddsville. Falei sobre eles há poucos dias. Caso não tenha lido o artigo em questão, adianto que este é um seleto grupo formado por alguns dos maiores value investors já vistos em todos os tempos.

A primeira lição que você vai aprender ao ler a obra de Browne – além de incorporar a visão e atitude de um fazendeiro – é que investir em ações é como correr uma maratona, e não uma corrida de 100 metros rasos – tarefa que pode ser muito difícil para aqueles que se deixam afetar por oscilações de curto prazo, notícias negativas, “dicas quentes” e, por isso, acabam mudando suas posições o tempo todo. Espero que você não seja um desses. Mas, caso seja, inspire-se no exemplo da maratona para rever seus conceitos.

Pensar e investir no longo prazo é a única forma racional e 100% comprovada de superar o mercado e colher bons rendimentos na bolsa de valores. É assim que agem os grandes investidores.

Em seu “pequeno livro”, Browne explica por que é um adepto do value investing. Em suas palavras:

Porque tem funcionado desde quando alguém começou a rastrear resultados. Uma montanha de evidências confirma que os princípios do value investing são capazes de bater o mercado no longo prazo. E é fácil de fazer.

Ainda no livro, ele estima que apenas uma pequena parcela de 5% a 10% dos grandes investidores são adeptos dessa filosofia de investimento.

Talvez você esteja se perguntando: “Mas se o investimento em valor é tão bom, por que tão poucos o seguem?”

A teoria de Browne aponta o temperamento humano como o principal responsável pela baixa adesão a essa que é a melhor metodologia de investimentos que você pode considerar.

Seguir a manada é fazer parte de um clube em que a maioria ganha pouco e perde muito.

O risco reputacional e de carreira de ser alguém do contra é muito maior do que o risco de seguir o que a maioria faz.

Eu acrescentaria a mentalidade de curto prazo, comum entre a maioria das pessoas. como um ponto extra aos motivos que fazem o value investing não ser popular como deveria. De fato, é muito mais fácil pensar e agir visando o agora do que o amanhã. E isso vale para todos os aspectos da vida, mas entenda que o que você vai viver no futuro é construído hoje.

Lembre-se dos fazendeiros e maratonistas! E tenha as pessoas certas ao seu lado…

3 critérios para você avaliar o gestor de sua corretora

avalie o gestor da sua corretora

No que diz respeito às pessoas que o ajudarão a conquistar o sucesso, no ano 2000, em uma palestra direcionada a alunos da Columbia Business School (uma das mais prestigiadas escolas de negócios dos Estados Unidos), Browne falou sobre o que você deve ser avaliado no perfil do profissional que irá ajudá-lo a gerir seus investimentos.

Resumi abaixo os três pontos que considero mais importantes. Eles dão uma boa base para você refletir sobre esse assunto e entender como agem os grandes investidores:

1. Você pode entender facilmente a filosofia de investimento dele?

Se o seu gestor de recursos não for capaz de explicar em português claro quais são seus princípios de investimento é porque provavelmente ele não tem nenhum. E se ele não pode explicar seu processo para encontrar e pesquisar uma ideia de investimento é porque provavelmente não tem nenhuma. Pense nisso.

2. O que ele faz com seu próprio dinheiro?

Se você acredita que seu gestor é um cara inteligente, mas ele investe o próprio dinheiro de uma forma diferente da que investe os seus recursos, alguma coisa está errada. Se ele não tem convicção em sua filosofia de investimento para coinvestir com seus clientes, não pense duas vezes: procure outra casa de investimentos!

3. Seu gestor é rico?

Se após vários anos atuando como um profissional do dinheiro ele não tiver acumulado riqueza, provavelmente não é tão bom quanto tenta parecer – ou é um esbanjador. Seja um motivo ou outro, acredite, essa pessoa não é a que você quer que cuide de seu dinheiro.

Motivos para confiar no que diz Chris Browne não faltam, não é mesmo? Mas ainda dá para ir além. A seguir, apresento alguns de seus pensamentos mais inspiradores…

Frases de Chris Browne para inspirar seus investimentos

investimentos

Se você está confortável com as ações que possui, se são negócios sólidos e se você não se endividou para comprá-las, deixe o mercado fazer o seu trabalho. Você não precisa fazer nada dramático apenas porque a bolsa teve um dia ruim.

Ter ações de valor pode ser tão excitante como observar a grama crescer. Mas você já reparou como a grama cresce em uma semana?

Para prosperar como um value investor você precisa arriscar ser chamado de burro de tempos em tempos.

Em mais de 35 anos no mercado de investimentos ainda estou à procura de uma estratégia de investimento de curto prazo que funcione.

Você precisa ser um otimista nos investimentos, mas também precisa ser cético. É muito importante ter uma dose saudável de ceticidade e sempre olhar para o cenário mais negativo. Pergunte-se: o que poderia fazer com que tal empresa despencasse? É claro que nem sempre você poderá prever, mas se mantiver esse foco, evitará muitos grandes erros.

O que fica pra você a respeito dos grandes investidores

Aprender conceitos e técnicas de value investing dá trabalho, mas é um caminho natural quando você tem vontade de aprender e estudar. A parte complicada é a disciplina. Requer um processo bem estruturado e paciência.

Quando você vai contra o mercado e a manada vai se sentir sozinho diversas vezes. Isso é natural. Portanto, é preciso ter coragem para se manter firme em suas convicções, sem nunca esquecer que sem um modelo ou princípios claros de investimento você está apenas se enganando e confundindo sorte com sucesso.

Não complique! “Cuide de sua plantação”, “treine para uma maratona” e bons investimentos!

Crédito das imagens: www.shutterstock.com

Aprenda como ganhar de R$1mil a R$5mil por mês com dividendos, mesmo que tenha somente R$100 para começar.

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora