Blog do GuiaInvest

Seguir Dicas De Terceiros Vai Impedir Você De Ser Livre Financeiramente

Você escuta dicas de terceiros na hora de investir?

O bom e velho provérbio alemão volta à tona para ilustrar este artigo:

Se conselho fosse bom, ninguém dava, vendia.

E neste caso, mesmo vendendo, desconfie.

Vou explicar…

Quando você vai ao banco falar com o seu gerente, você acredita que o que ele está sugerindo é realmente o melhor para o seu dinheiro?

E o operador da corretora de valores, você consegue acreditar que ele quer melhorar a sua vida quando telefona pressionando você a comprar ou vender urgentemente uma ação?

Essa pessoa que atende você pode até ser simpática e carismática, porém ela está defendendo os interesses da empresa que trabalha!

E não há mal nisso… cada um com seu emprego.

No entanto, se você quiser realmente que os seus interesses estejam em primeiro lugar, só há uma maneira: assumir para si essa responsabilidade e investir por conta própria!

Agora você deve estar pensando que não tem conhecimento o suficiente nem dinheiro para investir…

O que são duas inverdades! No final desse artigo você vai entender o porquê.

Agora, vou explicar três motivos para você esquecer de uma vez por todas os “conselhos valiosos” que seu gerente do banco ou operador da corretora lhe passam.

As 3 Principais Desvantagens De Seguir Dicas de Terceiros

1 – Não é você que toma as decisões

Se você segue dicas de terceiros, não é você que toma as decisões

Quando você delega a terceiros os seus investimentos, não é você que toma as decisões importantes que envolvem o seu patrimônio.

Se você investe em um fundo de investimento do banco ou da corretora, por exemplo, os ativos que compõem esses fundos são escolhidos pelos comitês responsáveis e você não possui nenhum controle sobre as decisões deles.

Você não sabe se o que estão fazendo têm realmente a ver com o seu interesse ou com os seus objetivos.

Além dos problemas referentes ao famoso comportamento de manada e dos conflitos de interesse, estes comitês de investimento são compostos por diversas pessoas, que às vezes têm diferentes abordagens de investimento, dos quais nem todos compartilham do mesmo ponto de vista.

Ainda, muitas vezes, os gestores destes fundos são obrigados a alocar o capital apenas para enquadrar a carteira dentro da política de investimento do fundo, mesmo que esta alocação tenha que ser feita em um momento ruim de mercado.

Já imaginou o desperdício de dinheiro que você vai ter?

Sendo um investidor livre para investir seu próprio dinheiro da forma que bem deseja, você não tem nenhum desses problemas.

Você tem total liberdade de gerenciar seus investimentos da melhor forma possível.

Tendo como único beneficiário, você.

2 – Você perde o controle dos custos

Os custos de seguir dicas de terceiros

O controle de custos e taxas é um ponto muito importante para alcançar resultados superiores no longo prazo ao lidar com seus investimentos.

E se você investe em fundos, previdência privada ou segue quaisquer dicas de terceiros, você certamente está pagando caro por isso.

Alguns fundos cobram uma taxa de administração de 3% ao ano sobre todo dinheiro investido. Essa taxa, no longo prazo, pesa demais sobre a rentabilidade do seu investimento.

Fonte: BrasilPrev

Planos de previdência privada além de cobrarem altíssimas taxas de administração também cobram as taxas de carregamento, que nada mais são do que o banco cobrando uma espécie de “imposto” sobre todas as suas aplicações mensais. 

Fonte: BrasilPrev

Percebe como essas taxas têm o potencial de cortar boa parte da sua rentabilidade?

Não é à toa que 96,1% dos fundos de previdência privada, dos principais bancos brasileiros, tem rendimento pior do que a poupança.

3 – Há um sério conflito de interesses

Conflitos de Interesse

Você já deve ter se encontrado nessa situação de conflito caso já tenha parado para conversar com o seu gerente ou corretor, certo?

Como eu já disse, só você pode colocar os seus interesses em primeiro lugar.

Só você sabe o quanto trabalhou por cada centavo, e por isso vai valorizar de maneira justa o seu próprio dinheiro.

Os produtos que serão ofertados a você serão os que dão mais dinheiro, mas definitivamente não para você…

E sim para o banco ou para corretora.

Normal, eles precisam vender para serem reconhecidos nas suas empresas.

No caso dos corretores, eles ganham dinheiro toda vez que você compra ou vende uma ação.

Já os gerentes de banco normalmente possuem metas a alcançar nas vendas.

No fim das contas, eles ganham quando você ganha e quando você perde.

Assumindo a responsabilidade

Para poder alcançar a Liberdade Financeira o mais cedo possível, você não deve escutar dicas de terceiros.

Definitivamente não vai ser dividindo a sua rentabilidade com intermediários que você vai ser livre financeiramente.

E não são só os agentes da indústria financeira que possuem enormes conflitos de interesse.

Você também não deve dar ouvidos ao seu vizinho, ao colega de trabalho ou ao noticiário.

Você nunca sabe se está conversando com um investidor ou com um especulador.

Lembre-se que o que pode ser bom para eles, não necessariamente será bom para você.

Ninguém melhor vai cuidar melhor do seu dinheiro do que você mesmo.

E como eu disse lá no início do texto, você não precisa ser nenhum especialista para fazer isso da melhor maneira.

Nem mesmo ter dinheiro guardado para começar.

Você só precisa da estratégia certa!

E isso é o que eu ensino no meu último treinamento gratuito: 3 Passos Para Alcançar a Liberdade Financeira por conta própria.

Livre-se de terceiros. Assuma o controle da sua vida financeira!

Nesse treinamento vou revelar para você que:

  • É quase impossível ser livre financeiramente seguindo dicas de terceiros;
  • Investir por conta própria é algo simples e NÃO toma tempo;
  • Que mesmo com pouco conhecimento, investindo por conta própria você possui uma enorme vantagem em relação aos outros investidores.

[QUERO A MINHA LIBERDADE FINANCEIRA SEM DEPENDER DE TERCEIROS]

Escolha o melhor horário para participar.

Um abraço e bons investimentos!

Crédito das imagens: www.shutterstock.com

Martin Kirsten

Mestre em Economia do GI. Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Já trabalhou no mercado financeiro e Assina a newsletter Recado do Economista aqui no GI. É um amante de café e de uma boa culinária.

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora