Blog do GuiaInvest
bull market x bear market

Bull Market x Bear Market: você conhece as diferenças?

Você certamente já viu a escultura do touro de bronze de 3,40 metros de altura, localizado no distrito financeiro de Nova York, pertinho de Wall Street. Você deve estar se perguntando: mas o que um touro tem a ver com investimentos? Lendo este artigo você vai entender.

Bull Market x Bear Market: o que estes termos significam e como aproveitar os seus melhores momentos para investir em ações? É o que você vai descobrir neste artigo.

Você certamente já viu a escultura do touro de bronze de 3,40 metros de altura, localizado no distrito financeiro de Nova York, pertinho de Wall Street. Instalado originalmente bem em frente à Bolsa de Valores da cidade. O “Charging Bull” é um símbolo de força, energia e também da imprevisibilidade do mercado.

Você deve estar se perguntando: mas o que um touro tem a ver com investimentos? Lendo este artigo você vai entender.

Como muitas outras expressões antigas (como as famosas “quem tem boca vai a Roma”, “arroz de festa”, “outros quinhentos”, etc.), não existe uma origem universalmente aceita para os termos Bull Market (Mercado do Touro) e Bear Market (Mercado do Urso). Um cartum já mostrava o banqueiro J.P. Morgan como um touro em 1901.

Na verdade, esses animais já são relacionados aos humores do mercado desde pelo menos o começo do século XVIII. Mas o que significam?

Bull Market: O Mercado de Alta

O Bull Market é uma expressão para dizer que o mercado está otimista, vigoroso, em alta. Note que o termo pode ser usado para a economia em geral ou para um mercado específico como de imóveis, as commodities, as blue chips, etc.

Quer um exemplo? Se o mercado está “bullish” (“como um touro”), a expectativa geral é de que os preços das ações vão subir, os investimentos vão render e que essa tendência vai continuar por algum tempo.

Uma possível explicação — ao menos, a mais fácil de lembrar — está na forma de ataque do touro: de baixo para cima. Se você já teve a oportunidade de ver vídeos de rodeios, por exemplo, notará que pesar de quadrúpede e pesado, o touro salta, pula, dá chifradas para cima — “sobe”. Por isso, o Bull Market é o termo ideal para falar sobre um mercado em ascensão.

Bear Market: O Mercado de Baixa

O Bear Market é o oposto do companheiro touro. O urso ataca de cima para baixo — suas patadas descem. Outra forma de pensar é que ursos hibernam — enfrentam o inverno rigoroso, a época das “vacas magras”. O Bear Market, portanto, é o mercado “down”, quando os preços das ações caem, juntamente com a confiança de investidores e dos consumidores.

Como ocorre com o touro, o adjetivo “bearish” (“como um urso”) pode descrever o estado geral de uma economia (inflação alta, desemprego alto, PIB em queda) ou um segmento do mercado (ações de óleo e gás, faculdades particulares, fundos imobiliários ou o que estiver em baixa em certa época).

Como Ganhar Dinheiro no Bull Market e no Bear Market

como ganhar dinheiro no bear market e no bull market

Cabe destacar que o touro e o urso representam tendências gerais do mercado. Portanto, não podem indicar “jogadas de mestre” do tipo “compre a ação X e você vai ficar muito rico“. Analisando as expectativas dos investidores e as tendências do mercado, porém, é possível detectar boas oportunidades. Aí vão algumas dicas:

No Bull Market, os investidores estão otimistas e muita gente quer comprar ações (por exemplo). Como consequência do aumento da demanda, o preço delas sobe. Quem detectou ou embarcou na onda bem cedo pode levar uma bolada se vender seus ativos na subida da curva, no apogeu, ou ao menos logo antes de a euforia passar.

Da mesma forma, evita perder dinheiro quem vê que logo depois do touro tem um urso escondido, ou seja: quem percebeu que certo mercado está subindo por pura especulação.

Isso pode acontecer se uma empresa capta muito dinheiro em Bolsa mas demora a entregar resultados (ou não tem como fazê-lo), se um segmento (como commodities) sofre violenta alta na demanda chinesa e esta depois pisa no freio, ou se a subida do touro é sustentada em ativos para lá de podres (como na crise de 2008).

No Bear Market, o pessimismo impera. Mais gente quer vender suas ações, na esperança de reduzir prejuízos que podem ficar ainda maiores, por isso o preço delas cai. Quem embarcar nessa onda e comprar nesse momento pode ter que esperar bastante para ver retorno no investimento, pois a queda dos preços pode ser longa e demorada.

O ideal, claro, é comprar ações logo no fim do Bear Market, quando os preços estiverem no fundo do poço. Já quem diversificou seus investimentos se dá muito bem. É o caso de quem tem ações preferenciais, por exemplo, pois recebe dividendos mesmo no Bear Market, aguardando momento melhor para vendê-las.

E alguns investimentos mais seguros (como Tesouro Direto) rendem os juros prometidos mesmo no mercado em baixa. Vale ressaltar que em ambos os cenários é fundamental analisar as suas próprias condições e necessidades financeiras, tomando muito cuidado com o que dizem os supostos “gurus” do mercado.

Como saber se o bicho é touro ou urso?

como saber se estamos no Bear Market ou no Bull Market

Naturalmente, identificar a tendência geral do mercado vale muito dinheiro. Quem enxerga um touro antes de todo mundo compra na baixa, quem enxerga o urso chegando vende na alta. Parece simples, certo? Mas entender a situação do mercado é bem mais fácil no meio do que quando ela está prestes a mudar.

Lembre-se que existem limites na relação entre o estado da economia e o da Bolsa de Valores, mas a relação certamente existe. Quando a economia vai bem, as empresas investem mais, entregam melhores resultados e existe mais gente com dinheiro para comprar ações. Quando a economia vai mal, a confiança cai e os preços das ações também. Mas isso não dita o destino do investidor individual — como você.

Se você acredita em certa empresa, a queda de ações no curto prazo pode ser boa notícia: chance de comprar mais barato um ativo que você sabe que vai se valorizar mais à frente. Da mesma forma, de pouco adianta um Bull Market se isso significa ser tão otimista que você compra uma ação na alta e ainda está esperando uma valorização que faça a venda valer a pena.

Uma curiosidade é que a Bolsa de Valores de Frankfurt foi mais generosa com o urso do que Wall Street. Lá existem esculturas dos dois animais. O orgulhoso touro aponta os chifres para frente, enquanto o urso, cabisbaixo, aguarda com paciência. Vale a reflexão de que os dois mercados fazem parte da vida do investidor e você deve se preparar para eles.

E você? Também acha que é possível perder dinheiro no Bull Market e ganhar no Bear Market, contrariando as tendências?

Deixe um comentário aqui abaixo me dizendo sua opinião.

Até o próximo artigo. Um forte abraço!

(crédito das imagens: shutterstock.com)

Aprenda como ganhar de R$1mil a R$5mil por mês com dividendos, mesmo que tenha somente R$100 para começar.

André Fogaça

André Fogaça é empreendedor digital, investidor e co-fundador do GuiaInvest. É formado em Administração de Empresas pela UFRGS e pós-graduado em Economia e Finanças pela mesma instituição. Possui credencial de administrador de carteiras e consultor de valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ebook grátis:

O Plano Definitivo para Você Chegar à Liberdade Financeira

Descubra como planejar sua busca pela Liberdade Financeira começando do zero!

Baixar agora